Destaques e pontos abordados pela Apple na sua conferência de resultados financeiros para o segundo trimestre fiscal de 2010

Na noite de ontem, a Apple anunciou seus resultados financeiros do segundo trimestre fiscal de 2010, registrando vários recordes para o período de 28 de dezembro a 27 de março. Em uma conferência especial realizada ainda ontem, Tim Cook (chefe de operações) e Peter Oppenheimer (chefe de finanças) detalharam os números através de um webcast e abordaram mais alguns pontos importantes sobre a situação da empresa, com base em perguntas de jornalistas e analistas que acompanharam o evento via telefone.

Este artigo traz os destaques e pontos abordados através do webcast (que também pode ser ouvido na íntegra online), divididos em categorias com relação aos negócios da empresa:

Mac

  • HOT! Dos 2,94 milhões de Macs vendidos nos primeiros meses de 2010, a Apple arrecadou aproximadamente US$3,5 bilhões, sendo US$1,7 bilhão com as vendas de desktops e US$2,8 bilhões com as de notebooks. Nunca foram vendidos tantos Macs no início de um ano.
  • HOT! Na América, as vendas cresceram 20% em relação a 2009, enquanto a arrecadação cresceu 26%.
  • Na Ásia e na Oceania, a Apple registrou o maior crescimento em vendas de computadores (67%) e em arrecadação (189%).
  • Graças à atual geração do iMac, as vendas de desktops estão crescendo em um ritmo muito maior (40%) do que as de notebooks (28%), afetando ainda o aumento na arrecadação gerada pela Apple com cada divisão da linha de Macs (45% contra 17%, respectivamente).
  • Com o crescimento de 33% nas vendas mundiais, a Apple bateu novamente as estimativas da IDC (24%) e aproximou-se da previsão da Gartner (34%). Para o próximo trimestre, a empresa aposta na nova geração de MacBooks Pro para prover um crescimento de ganhos a par do obtido com desktops graças ao iMac.
  • Contrariando opiniões negativas sobre o mercado educacional, a Apple não constatou perdas nesse setor. Aliás, ela está animada com a futura temporada de compras para volta às aulas, que deverá começar no final do próximo trimestre e se estender até setembro, para universidades.

iPod + iTunes

  • Embora as vendas de iPods tenham sofrido um declínio de 1% em relação a 2009 para 10,89 milhões, a arrecadação gerada por esse mercado cresceu 12%.
  • HOT! De todos os modelos de media players comercializados pela Apple, o iPod touch foi o que mais cresceu durante o primeiro trimestre de 2010 em relação ao mesmo período do ano passado: 63%. Tal cenário vem sendo constatado pela empresa nos últimos dois anos.
  • A Apple detém mais de 70% do mercado de media players nos Estados Unidos, registrando crescimento em outros países, como Austrália, Canadá, Japão e Reino Unido.
  • HOT! A iTunes Store registrou a maior arrecadação em sua história, ultrapassando US$1,1 bilhão.
  • HOT! Na App Store, a Apple anunciou que está próxima de registrar 4 bilhões de downloads. No momento, as vendas estão em um ritmo de 2 bilhões de downloads por ano, mas, no geral, a empresa não está focada em usar a loja para fazer uma enorme fortuna, embora ela represente um mercado em expansão.
  • HOT! Com relação ao Apple TV, a Apple não mudou sua opinião ao considerar o mercado um hobby. As vendas cresceram 34% em relação a 2009, mas o número de unidades vendidas está longe de motivar a empresa a considerá-lo um mercado similar ao Mac ou ao iPhone.

iPhone

  • HOT! Com o crescimento de 131% em relação ao primeiro de trimestre de 2009, a Apple registrou recorde nas vendas de iPhones, que chegaram a 8,75 milhões de unidades ao redor do mundo.
  • Na Ásia, as vendas cresceram 474%. Executivos deram destaque especial para região compreendida por China, Hong Kong e Taiwan, onde as vendas no início de 2010 foram nove vezes maiores do que no início de 2009.
  • HOT! O preço médio pago por um iPhone ao redor do mundo foi estimado em US$600 no último trimestre.
  • A resposta de desenvolvedores ao iPhone OS 4 foi “positiva”, motivando a Apple a acreditar que os usuários adorarão o novo lançamento.
  • Com relação ao iAd, a Apple advertiu analistas e jornalistas a “esperar menos” do que estão prevendo por aí. A plataforma de anúncios para mobile será uma grande adição ao iPhone OS, mas da qual a Apple espera tirar lições conforme trabalhar com desenvolvedores e agências.
  • A Apple adicionou 8 novas operadoras para a venda mundial do iPhone, chegando a 151. Diversos mercados onde a Apple atua sem exclusividade com operadoras reportam bons resultados, mas considerar uma iniciativa similar para todos os países onde o iPhone é vendido não está nos planos da empresa, que mantém alguns países sob exclusividade (especialmente Estados Unidos, Espanha e Alemanha).
  • HOT! A demanda pelo aparelho, segundo a Apple, é movida pela inovação que ela adiciona ao produto. Embora contem com o iPhone 3G à venda por US$100, a maioria dos cliente escolhe os modelos 3GS, mais caros.
  • Com relação à AT&T, a Apple voltou a ressaltar que espera confiante por melhorias na sua rede de telefonia móvel. A afirmação diz respeito à situação da empresa nos EUA, que vem sendo afetada por problemas técnicos da sua operadora parceira nos últimos meses.

iPad

  • HOT! A demanda pelo iPad nos Estados Unidos surpreendeu a Apple, que foi forçada a adiar seu lançamento internacional para maio. Porém, apenas nove países receberão a tablet no mês que vem, compreendendo a América do Norte e a Europa.
  • Contrariando rumores, não houve problemas na produção do gadget, mas a Apple está lutando para atender à demanda. Adiar as vendas internacionais também ajudou a empresa a cumprir os prazos de lançamento do modelo 3G nos Estados Unidos, mas ela ainda não sabe dizer como será seu desempenho em relação ao modelo com Wi-Fi apenas.
  • Quando comentou sobre o preço das tablets, Tim Cook afirmou que eles foram considerados “agressivos” porque a empresa vê potencial nesse mercado. Segundo ele, a demanda inicial pelo produto confirmou isso.
  • Desde o lançamento, o iPad não afetou as vendas de Macs ou de iPods, mas ainda é cedo para especular esse tipo de coisa, na opinião da Apple.
  • HOT! Em junho, a Apple deverá revelar sua política de futuros updates para o iPad, quando lançará o iPhone OS 4.0 durante a WWDC. Mas, durante a conferência, os executivos recusaram-se a comentar se eles serão pagos ou gratuitos.
  • Atualmente, há mais de 3.500 apps (exclusivos) para iPad e o sucesso deles está agradando bastante à Apple. O número não aparenta ter mudado muito em relação ao início das vendas da tablet, mas Tim Cook destacou durante a conferência o fato de que o produto é muito melhor para muitas tarefas do que um netbook.
  • HOT! Quanto a acessórios, a Apple afirma que cerca de 5.000 produtos já compatíveis com iPods e iPhones funcionam no iPad.

Apple Retail Stores

  • HOT! Durante o primeiro trimestre de 2010, foram vendidos 606 mil Macs nas lojas da Apple, um aumento de 38% em relação a 2009. Todas elas continuam a vender metade do seu estoque a pessoas que nunca adquiriram um Mac antes.
  • HOT! No momento, há 284 lojas da Apple abertas em todo o mundo, gerando um lucro médio de quase US$6 milhões por loja em um trimestre. Juntas, elas receberam 47 milhões de visitantes nos últimos três meses.
  • Nos planos para 2010 está a abertura de 40 a 50 lojas em cidades da Europa, América do Norte e Ásia. Valem destaque os planos da Apple para a China, que incluem a abertura de 25 Retail Stores até 2011.
  • Em média, a arrecadação fiscal de cada loja cresceu 8% em relação a 2009.

O próximo trimestre fiscal da Apple (Q3 ’10)

  • A arrecadação geral é estimada em US$13 bilhões a US$13,4 bilhões, com lucros de US$2,28 a US$2,39 por ação.
  • HOT! Atualmente a empresa possui US$41,7 bilhões em caixa, mas os executivos afirmaram que a principal prioridade da Apple com esse dinheiro é preservar capital, mantendo foco apenas em investimentos de alta qualidade, mesmo que eles não sejam a curto prazo.
  • Os executivos voltaram a alertar sobre preços de componentes, alegando que eles podem dificultar a redução de preços dos produtos da empresa (ou fazer com que cresçam um pouco).
  • Com relação ao iPad, a Apple espera muito do mercado de tablets e quer aproveitar a oportunidade atual para capitalizá-lo ao máximo e obter lucros com isso.

Hoje, a NASDAQ:AAPL abriu em considerável alta e já acumula mais de 5,5%, sendo vendida neste momento por US$258,12.

Posts relacionados

Comentários