Nintendo agora considera Apple como “inimiga do futuro”

Tem horas em que eu não entendendo a Nintendo: ela passou um bom tempo negando pesquisas de que a Apple era uma potencial causadora de perdas de mercado, mas, agora, parece ter finalmente resolvido reconhecer a criadora do iPhone como um alvo a ser atacado. De acordo um artigo do noticiário britânico London Times, o presidente da divisão japonesa da empresa, Satoru Iwata, teria dito a outros executivos que chegou a hora de considerar a concorrente norte-americana como “inimiga do futuro”.

Publicidade

É claro que a Nintendo não está em maus lençóis — muito menos nos Estados Unidos, onde o DS tem feito sucesso para sua divisão norte-americana —, mas agora que ela possui uma superioridade no mercado em relação à Sony (que é sua principal concorrente no ramo de consoles há anos), parece que chegou a hora de atrair os usuários do mercado criado pela Apple com a App Store. O London Times ressalta que a intenção de compra de alguns consumidores por consoles móveis tem se desviado do DS há um certo tempo, o que favorece o iPhone.

Devido a isso, a Nintendo estaria se preparando para fazer gadgets visando atacar o mercado de entretenimento que a Apple tem expandido nos últimos anos, atualmente compreendido por jogos capazes de rodar em smartphones, iPods e tablets. A empresa japonesa não deverá competir nessas três áreas, mas pretende tomar decisões de hardware e software que motivem os usuários a considerar seus produtos com mais força.

Publicidade

Nessa postura, eu (e mais uma cacetada de gente) acredito que o pior erro que a Nintendo pode cometer é parar de prestar atenção na Sony simplesmente devido ao fato de a Apple ter maior importância no cenário atual. Talvez a criadora do PlayStation não produza nada que estimule a mesma oferta de games da App Store, mas tanto ela quanto a Microsoft continuam a ser gigantes nesse setor — ou seja, qualquer novidade delas no cenário móvel provavelmente chamará a atenção.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…