Pesquisa: 26% dos vídeos da web já estão em H.264+HTML5; Viddler é mais um a entrar na onda

Vídeos na web em HTML5/H.264

Pense comigo: você tem um portal de vídeos. Todos eles rodam numa plataforma proprietária (*cof!* Adobe Flash *cof!*), hoje facilmente substituível por padrões abertos, livres e mais modernos (*cof!* HTML5+JavaScript *cof!*). Uma empresa (*cof!* Apple *cof!*) produz os três gadgets _do momento_ (*cof!* iPad+iPhone+iPod touch *cof!*), que juntos já totalizam quase 90 milhões vendidos em todo o mundo.

Você pode escolher entre continuar usando uma plataforma proprietária e privar esses 90 milhões de terem acesso ao seu conteúdo, ou seguir pelo outro caminho. O gráfico abaixo, publicado ainda ontem pela MeFeedia, já dá uma ideia do que os donos de portais multimídia têm decidido fazer:

Vídeos na web em HTML5/H.264

Segundo dados da empresa, mais de um quarto (26%) de *todos* os vídeos disponíveis na internet já foram codificados para H.264 e estão disponíveis em players HTML5, totalmente compatíveis com iPads, iPhones e iPods touch. Em janeiro(!), eles eram apenas 10%.

A base de vídeos da MeFeedia — caso alguém esteja se questionando o tamanho da amostra — engloba mais de 30.000 fontes, incluindo Hulu, CBS, ABC, YouTube, Vimeo, DailyMotion, MTV e CNN.

O Flash está agonizando, e só a Adobe insiste que a Apple é a errada nessa história toda.

· · ·

Em nota relacionada, o mais novo portal de vídeos a entrar na onda do HTML5 foi o Viddler.

Robert Sandie, cofundador e presidente do Viddler, afirmou nesta semana que a adoção do novo padrão já estava sendo trabalhada há tempos, mas está agora disponível em versão beta pública para parceiros e contas corporativas no viddler.com/html5.

A novidade chegará para todos os usuários dentro de algumas semanas, após os testes finais serem realizados pelo Viddler.

[via Fortune Tech]

Posts relacionados

Comentários