iTunes Music Store responde por quase 27% das vendas de músicas nos Estados Unidos

A pesquisa divulgada pela IFPI no mês passado sobre as vendas globais de músicas foi complementada hoje por uma matéria da Billboard, cujos dados oficiais das maiores gravadoras norte-americanas colocaram a iTunes Music Store com 26,65% de market share no setor. O número é um pouco maior do que a estimativa lançada em coincidência com o aniversário da loja de músicas da Apple, mas também corresponde ao maior percentual de faixas distribuídas no ano passado para os norte-americanos em qualquer formato.

Em relação a 2008, a participação da iTunes Music Store cresceu sete pontos percentuais. De fato, ela já é a maior distribuidora de conteúdos musicais do mundo há cerca de dois anos, mas as recentes pesquisas contrariam as opiniões de que ela estaria perdendo mercado perante outras concorrentes. O único problema é que, de acordo com a última edição do Nielsen SoundScan, o mercado estadunidense de música digital já estaria 1% menor nos primeiros cinco meses deste ano em relação a 2009, o que preocupa um pouco as coisas.

No entanto, uma solução para a Apple e a indústria musical como um todo conseguirem contornar essa situação é expandir as lojas digitais para outros países, algo que estaria funcionando bem em algumas nações da Europa, Oceania e América Latina — e foi comprovado no mês passado. Um dos últimos países que receberam a iTunes Store foi o México, e as boas impressões obtidas pela empresa na nação latina poderiam estimular a abertura de outras lojas nas Américas.

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários