Executivo do Google detona Apple em keynote sobre Android na I/O 2010

Google ataca Apple de 1984

Eu não pude assistir às keynotes do Google nesta I/O 2010, mas, conversando ontem com o Silvio, soube que a Apple foi atacada direta e indiretamente em praticamente todas as apresentações da empresa. Hoje, corre na web um pedaço da keynote de ontem de Vic Gundotra — vice-presidente de engenharia do Google —, que foi marcada por um dos ataques mais emblemáticos de todos:

Google ataca Apple de 1984

Na abertura de seu discurso, Gundotra falou sobre o seu primeiro dia de trabalho no Google, quando indagou Andy Rubin — hoje também vice-presidente de engenharia, mas que curiosa e ironicamente iniciou sua carreira trabalhando na Apple, em 1989 — sobre a necessidade de um novo sistema operacional móvel no mercado — o até então secreto projeto “Android”.

Andy teria lhe explicado que o maior sentido da criação do Android seria oferecer opção aos consumidores e às fabricantes, que poderiam desenvolver e inovar de todas as formas — com tecnologias de transmissão de dados/voz variadas, tamanhos de tela diferentes, formatos de gadgets únicos, entre outros. Mas, além disso, impedir que a Apple monopolizasse o segmento:

Se o Google não agir, enfrentaremos um futuro Draconiano em que um homem, uma companhia, um aparelho, uma operadora serão nossa única escolha. Esse não é o futuro que queremos.

Assista ao vídeo:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=89xc_1Vv69k[/youtube]

Evidentemente, o Google está dizendo agora que a Apple é o novo “Big Brother”:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=OYecfV3ubP8[/youtube]

Não sei, não, mas acho que esse evento foi crucial para esquentar bastante as tensões entre as duas empresas. Queria muito saber o que está passando pela cabeça de Steve Jobs, agora… 😉

[via Fortune Tech]

Posts relacionados

Comentários