Apple poderá vender mais de 700 mil iPads no mês que vem

iPad visto de baixo, deitado e grande

Coincidindo com o lançamento internacional do iPad em nove países, Mike Abramsky, analista da RBC Capital Markets, traçou uma estimativa de vendas para o produto em junho, que será o primeiro mês em que a Apple irá contabilizá-las além dos Estados Unidos. Para ele, o número de tablets que serão distribuídas pelo mundo chegará perto de 700 mil, superando a expectativa de desempenho do Mac no mesmo período.

iPad visto de baixo, deitado e grande

Abramsky afirma que os países escolhidos pela Apple para iniciar as vendas internacionais da sua tablet são os mais fortes em que ela opera, então não há como esperar que a demanda seja fraca. Com a esperança de que a empresa venderá 500 mil Macs em junho, existe uma pequena possibilidade do iPad superar esse número em 50% — principalmente porque, nos Estados Unidos, ela já está vendendo o seu mais novo produto a uma média de quase duas unidades para cada computador.

Se as dificuldades de produção forem eliminadas em pouco tempo, a Apple estará numa boa posição para vender 8,1 milhões de unidades do iPad até o fim do ano. Isso seria mais que o dobro de iPhones vendidos durante o seu primeiro ano no mercado (2007).

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários