HP afirma que não comprou Palm para entrar no mercado de smartphones, depois volta atrás

Mark Hurd, CEO da HP

A compra da Palm pela HP no final de abril certamente abriu a possibilidade de esta entrar com tudo no mercado de smartphones, mas por enquanto só se havia falado sobre tablets com webOS — sem dúvida alguma, seu maior interesse no negócio.

Publicidade

Mark Hurd, CEO da HPNa quarta-feira, porém, comentários feitos pelo CEO Mark Hurd deixaram todos confusos acerca dos planos da empresa:

Nós não compramos a Palm para entrar no segmento de smartphones. […] Nós a compramos por sua IP [propriedade intelectual].

Independentemente de quais tenham sido as intenções de Hurd ao dizer isso, a HP foi obrigada a emitir ontem um comunicado de esclarecimento sobre a questão:

Quando olhamos para o mercado, vemos uma cadeia de dispositivos interconectados, incluindo tablets, impressoras e, é claro, smartphones. Acreditamos que o webOS pode se tornar o núcleo para muitos gadgets portáteis da HP e esperamos expandi-lo para além do mercado de smartphones, aproveitando nossa força financeira, escala e alcance global para crescer em smartphones.

Em outras palavras, o que ele *quis* dizer é que smartphones serão apenas mais uma peça do quebra-cabeça, e não o foco central da HP. Ahhh, ok.

Publicidade

[via ZDNet e Engadget]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…