Adobe choraminga pelo iOS, mas ignora webOS

Notificações do Palm Pre (webOS)

O Adobe Flash, pra todos os efeitos, é a única forma de uma pessoa ter acesso à “internet de verdade” e a ferramenta definitiva para qualquer desenvolvedor criar um site ou aplicativo que lhe permita não morrer de fome. (E o objetivo principal da Apple, depois de já ter repassado mais de US$1 bilhão aos seus parceiros de App Store, claramente é matar desenvolvedores de fome.) Presumo, então, que estar presente em todas as maiores plataformas seria uma boa forma de a Adobe compartilhar com o mundo as graças de sua panaceia seu plugin.

Notificações do Palm Pre (webOS)

Não no webOS. Durante um seminário da AT&T, um representante da Palm teria dito não saber “qual o empecilho” para a Adobe liberar o Flash 10.1 para seus dispositivos. Até agora, apenas Nexus Ones (“superphones”) com o Android 2.2 têm o privilégio de rodar o plugin, e ainda assim não tão bem. Claro, se dependesse da Adobe, todos os 100 milhões de dispositivos com iOS já estariam travando, superaquecendo e devorando baterias… mas se há mais de 100 milhões de dispositivos entre Android, webOS, BlackBerries e Zunes, por que cargas d’água encasquetar justo com a Apple?

Será porque só ela criou um sistema móvel realmente lucrativo? LUCRO?! Quer dizer que a Adobe se importa com lucro?! Eu jurava como eles queriam transformar a internet num parque de diversões, pra todo mundo ser feliz e brincar com propagandas de “acerte o macaco” enquanto navegadores travam… Ah, esqueci que todo navegador moderno roda processos independentes, exatamente porque o Flash é a causa nº1 de travamentos.

Em todo caso, vamos manter a coisa discreta, pois, pra todos os efeitos, “a Palm e a Adobe estão trabalhando juntas para trazer o Flash 10.1 para o webOS o mais rápido possível”.

[via Electronista]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…