Benchmarks de JavaScript indicam superioridade absoluta do Android 2.2 sobre o iOS 4 [atualizado]

Execução de JavaScript é uma das medidas de velocidade que desenvolvedores de browsers mais gostam de usar na eterna disputa pelo título de “mais rápido”. O Ars Technica conduziu os testes SunSpider e V8 usando os sistemas operacionais móveis mais famosos do mercado para saber qual deles, atualmente, seria o detentor deste post: o Android 2.2 “Froyo” rodando no (finado) Nexus One, ou o iOS 4 no iPhone 4 — que teoricamente é mais rápido que o modelo anterior.

Confira o alarmante resultado:

Os gráficos acima mostram que o sistema do Google é quase duas vezes mais rápido no SunSpider Benchmark e pra lá de três vezes mais eficiente no V8 Benchmark, o que prova irrefutavelmente que o trabalho da gigante de Mountain View para tornar o Android melhor foi excepcional. Usando as palavras do Ars, “o Android 2.2 destruiu o iOS 4”.

Contudo, a Apple tem um argumento muito bom, se quiser rebater toda essa festa de performance: quantos smartphones atualmente rodam o Froyo? Ou melhor, você que tem um Android sabe quando (ou se) seu aparelho vai receber um update? Obviamente, a Maçã não deve necessariamente rebater nada com palavras, apenas trabalhar para continuar liderando no mercado de navegadores móveis.

Concorrência é bom e eu gosto. 😉

Atualização

Interessante o que o Engadget fez: em vez de apoiar-se em números crus, ele levou um iPhone 4 (“modado” com vidro branco) e um Nexus One para passear pelas interwebs lado a lado, carregando sites de verdade, que não dependem demais de JavaScript.

O resultado? Eu diria que empate técnico, mas com um detalhe pequenino: sem o Flash, o “Froyo” ganha do iOS 4 por um triz; com o Flash, perde por um triz. E leia-se “triz” como “quaaase nada, mas dá pra perceber”.

Posts relacionados

Comentários