HTC responde à coletiva sobre o iPhone 4 com uma porcentagem — e, informalmente, com vários tweets

Um dos smartphones destacados pela Apple na coletiva de sexta-feira e na página especial sobre performance de antenas foi o Droid Eris, gadget fabricado pela taiwanesa HTC. Uma resposta à “afronta” foi concedida ao Pocket Lint por Eric Lin, gerente global de RP e comunidades online da fabricante.

Publicidade

Ele não podia ter sido mais sucinto:

Aproximadamente 0,016% de nossos clientes. Tivemos muito poucas queixas acerca de problemas de sinal ou antena com o Eris.

Publicidade

Tal estatística é análoga à que foi apresentada por Steve Jobs na sexta-feira: 0,55% dos compradores do iPhone 4 teriam entrado em contato com o AppleCare para se queixar da antena ou da qualidade do sinal. Fazendo as contas, 0,016% é um percentual muito menor que 0,55%, mas é mais impressionante ainda levarmos em consideração que, em seu curto período de vendas, o Eris certamente conquistou (beeeem) menos usuários que o iPhone 4.

Realmente, quase ninguém deve ter se queixado da antena do Droid Eris.

Antes dessa resposta oficial, porém, um dos gerentes da HTC na Europa (Mark Moons, mais especificamente, responsável por Bélgica, Holanda e Luxemburgo) destilou bastante veneno em uma série de tweets durante e após a coletiva da Apple. Não devemos encarar isto necessariamente como a postura oficial da empresa, mas, de qualquer forma, seguem abaixo o conteúdo deles e seus respectivos links:

Publicidade

O Jobs está mesmo comentando a recepção de outras fabricantes para compensar o próprio erro de design? Eu devo estar entendendo mal… [link]

…ok, parei de acompanhar o choro da ‘frutinha’… tenho mais o que fazer… Ele está prejudicando a imagem da indústria inteira… [link]

LOL… estou recebendo muitos tweets de pessoas que querem saber como segurar o HTC delas da forma errada, para perder sinal… [link]

Não sei, caras, não sei como segurar um aparelho da HTC para fazê-lo perder uma conexão perfeitamente adequada… 😉 [link]

A julgar pelas respostas da indústria, a coletiva de ontem dará um ótimo estudo de caso em marketing para estudantes de 2020. [link]

Num ponto, Moon tem razão: a coletiva de sexta-feira passada será mais um caso a ser estudado no futuro — assim como praticamente tudo o que a Apple faz. Pena que nem toda empresa possa se orgulhar disso. Eu me pergunto que estudos de caso serão feitos com materiais da HTC, daqui a dez anos… Certamente o T-Mobile G1 será usado nas escolas de design para as pessoas aprenderem como *não* fazer um smartphone. 😛

[via Engadget e 9 to 5 Mac]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…