Produzir iPhones 4 brancos tem se mostrado um desafio para a fábrica responsável

Até agora, o que sabemos do iPhone 4 branco são duas coisas: 1. ele não está à venda, apesar de aparecer em determinadas lojas e shows do Maroon 5; 2. espera-se que ele chegue às mãos dos consumidores finais antes do término de julho. Mas qual seria o problema que atrasou a chegada definitiva do níveo aparelho?

Publicidade

Com 14.000 empregados, a Lens Techonology seria a responsável pela produção do vidro branco para o iPhone 4.

Segundo o Engadget, a fábrica responsável pelas placas de vidro (representada acima) estaria enfrentando problemas em uma das etapas de produção. Preparar as lâminas de vidro que compõem a frente e a traseira do iPhone 4 envolve uma série de etapas: desenvolver as ferramentas, cortar o material bruto (vindo da Alemanha, da Suíça e do Japão), finalizar o corte com máquinas CNC (computed numerically controlled; corta três placas de iPhone 4 por hora!), lixar as bordas, polir, fortalecer, limpar, revestir, pintar, assar, temperar, montar e embalar. Não tem passo 14! 😛

Publicidade

Segundo um funcionário do controle de qualidade da Lens, o processo de pintura das placas de vidro estaria passando por problemas: ainda não se teria conseguido um equilíbrio perfeito entre espessura da camada de tinta e opacidade para ter brancura absoluta. Grossa demais, a demão de tinta pode atrapalhar na montagem do digitizer; fina demais, e o iPhone 4 não será tão branco quanto o almejado pelos perfeccionistas patológicos que todos amamos na Apple. A chegada do aparelho ao mercado, porém, será lenta: a capacidade de produção da Lens seria capaz de atender somente a metade da demanda da Maçã.

Como disse uma vez o presidente da extinta Working Designs, “atrasos são temporários, a mediocridade é eterna”. Melhor o iPhone 4 branco custar um pouquinho mais a chegar do que termos outro levante da mídia acusando a Apple de ter criado um produto imperfeito.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…