Apple e outras empresas são processadas por violar patente que trata de reconhecimento de spam

Mais um dia, mais um processo de um patent troll: a bola da vez é a InNova, que decidiu processar Apple, Google, Dell, HP, IBM e muitas outras pela quebra de uma patente que trata do reconhecimento de mensagens de email como spam.

Veja um trecho da descrição do invento (patente nº 6.018.761, concedida a Robert Uomini há 15 anos):

Um aparato e um método são providos para obter informações contextuais de uma mensagem, independentemente de o remetente incluir ou não tais informações, tais como nome completo, endereço, telefone, etc. O contexto pode ser armazenado separadamente da mensagem e buscado quando a mensagem for lida por um destinatário quando necessário. O contexto pode ser armazenado numa base de dados ou repositório indexados usando tanto um campo-chave provido pelo remetente ou usando os campos presentes na mensagem para outros propósitos.

O processo foi iniciado no distrito de Marshall, Texas, numa corte conhecida por sua postura amigável a requerentes em questões de patentes. “O email como o conhecemos deixaria de funcionar, não fosse pela invenção da InNova”, disse Christopher Banys, da Lanier Law Firm, que cuida da consultoria legal da InNova. Alguém podia aproveitar e ajudá-la com um logo melhorzinho.

Como será que esta história vai acabar?… :-/

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários