Novas funções de sincronização de dados em múltiplos computadores são destaque do futuro Chrome 6 [atualizado]

Lançado há quase dois anos para Windows e no final do ano passado para o Mac OS X, o Chrome já está próximo de chegar à sua sexta versão, mostrando que o Google tem trabalhado em adicionar ao seu browser novas funções para os usuários. No novo lançamento da empresa haverá menos novidades ligadas a padrões da web e até às melhorias de desempenho, mas quem gosta do aplicativo vai apreciar alguns recursos que estão em teste no momento.

Dentre eles, destacam-se novas adições aos serviços de sincronização de dados dos usuários: além de favoritos e preferências, o Chrome 6 também oferecerá acesso a extensões e a todo o histórico de navegação de uma determinada pessoa em múltiplos Macs ou PCs, o que deixará muita gente contente. Esta última função é muito apreciada por usuários do Firefox Sync, mas, no caso do Chrome, tudo é associado à conta Google do usuário, que pode ser usada em smartphones com Android e servirá como método de autenticação nos futuros PCs com o Chrome OS.

Também serão lançadas no novo aplicativo algumas otimizações na interface de usuário, consolidando os recursos dos seus dois botões principais de comandos em apenas um — no caso do Mac OS X, talvez eles não sejam muito usados porque todos os comandos ficam na barra de menus de qualquer maneira, mas trata-se de uma adição interessante para quem deixa os botões Página e Ferramentas ativos. Por fim, o Google também preparou novidades para aprimorar o carregamento de SVGs e o processamento imagens em geral.

O Chrome 6 deverá ser oferecido para os usuários em breve, mas as novidades que estão nele são apenas uma parte no que foi inicialmente planejado pelo Google. Algumas funções do padrão HTML5 implementadas pela Apple no Safari 5 — como vídeos em tela cheia — ainda ficarão em observação por mais tempo, acompanhadas da tecnologia Native Client, que no futuro permitirá ao browser da gigante de buscas executar apps criados com código nativo.

Atualização (22/7)

Em um artigo no blog de desenvolvimento do Chrome, o Google esclareceu hoje que fará lançamentos estáveis do navegador com maior frequência do que os usuários estão atualmente acostumados a ver. Devido à dificuldade para cumprir a implementação de tantas novidades no plano atual da empresa, haverá novos updates relativamente grandes para o browser a cada seis semanas — o que é bastante incomum em desenvolvimento de software, nos dias atuais.

Google Chrome 20.0, aí vamos nós! 😛

Posts relacionados

Comentários