Apple resolve disputa judicial com a Minerva, mas é logo processada pela Emblaze

Martelo de juiz

Martelo de juizOs advogados de Cupertino não têm descanso: mal resolveu uma disputa judicial, a Apple já foi atacada por outra empresa na justiça norte-americana.

Publicidade

De acordo com o Law360, a Apple resolveu nesta semana uma briga com a Minerva Industries, que a processou em janeiro de 2008. A acusação era de que o iPhone infringia uma de suas patentes (intitulada “Mobile entertainment and communication device”), referente a uma tecnologia de mídias mobile.

Embora tenha sido requisitada no final de 2003, esta patente da Minerva só foi aprovada no dia 22 de janeiro de 2008; horas depois, ela entrou com o tal processo contra a Apple e a Atlantic RT, uma firma de telefonia via satélite. Nesta semana, Apple e Minerva emitiram um pedido formal na corte responsável pelo processo, descartando todas as acusações mútuas e confirmando que cada parte arcará com os custos envolvidos.

Enquanto isso, a empresa israelense Emblaze decidiu oficializar um processo contra a Apple, após ter entrado com uma ameaça formal em dezembro do ano passado. A acusação é que a firma de Cupertino estaria infringindo uma tecnologia de transmissão de mídias via HTTP (intitulada “Network media streaming”) sem licenciá-la apropriadamente.

Publicidade

A suposta invenção da Emblaze é utilizada pela Apple no Mac OS X e em seus três gadgets portáteis — iPhone, iPod touch e iPad (este, incluído no novo processo formal). Quem tem boa memória deve se lembrar do projeto First ELSE da Emblaze; infelizmente, ele foi encerrado devido ao ínfimo interesse pelo hardware criado por ela.

[via TechCrunch]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…