Apple publica patente para transformar partidas de jogos em HQs; usa interface do Xbox 360

Patente de geração de livros a partir de jogos

Já deixei bem claro hoje, ao falar do Chaos Rings HD, que sou fã de RPGs. Esta patente da Apple não podia ter me deixado mais contente: neste invento, a Maçã descreve uma forma de transformar automaticamente partidas de jogos em histórias em quadrinhos, livros ou ebooks. A descrição desta tecnologia e o exemplo usado no registro indicam que games que contam com muitos textos se beneficiariam mais.

Patente de geração de livros a partir de jogos

O game apresentado como exemplo é Mass Effect, para Xbox 360 (também para PC, mas o desenho na patente é do console: veja o comparativo abaixo!). Com esta invenção da Apple, você poderia a qualquer momento requisitar que o sistema operacional convertesse sua partida em um livro digital, que poderia ser ilustrado com imagens capturadas enquanto você joga. Outra possibilidade seria o recurso rodar em plano de fundo e estar disponível uma vez que você chegue ao final da história.

Mass Effect em patente da Apple

Mass Effect em patente da Apple

Mass Effect no Xbox 360

Mass Effect no Xbox 360

O texto no livro gerado seria criado automaticamente com base nos diálogos, decisões e desempenho do jogador durante a partida. No caso de Mass Effect, detalhes do personagem principal e várias possibilidades de conversações com coadjuvantes ficam a cargo do jogador, o que rende inúmeras possibilidades de narrativa e torna cada livro gerado com este sistema único.

Assim como acontece em alguns aplicativos da Maçã, o recurso de fazer um livro e enviá-lo por email ou encomendar uma cópia impressa diretamente do software seria excelente para compartilhar com amigos um determinado desdobramento num jogo. Eu, por exemplo, adoraria ter tido isso pra imortalizar o bendito “final bom” de Valkyrie Profile, que é osso de conseguir. 😛

Vale destacar que o cerne da invenção é um software que pode aparecer no Mac OS X, iOS (eu aposto numa seção do Game Center voltada para RPGs), em consoles como Xbox 360, PlayStation 3, Wii ou até em HDTVs(!) e não se limita a um jogo ou tipo de jogo específico. Note que, depois do que houve com a FutureTap, o uso da interface de um jogo da BioWare para ilustrar o documento não deverá mais criar muito caso, apenas LULZ por sua interface ser a que aparece no videogame da Microsoft.

[via Patently Apple]

Posts relacionados

Comentários