Além da Imaginação: iTunes Store acorda sem atualização; há “vídeos instantâneos” no iPad?

iTunes Store, página principal

Coisas estranhas andam acontecendo, amigos, coisas que certamente vão além de simples falhas na Matrix. Como se não bastassem as cases de possíveis iPods vindouros, hoje o dia começou com algo no mínimo incomum: a iTunes Store não foi atualizada.

iTunes Store, página principal

Mad Men na iTunes StoreParece bobagem, mas renovar a página principal de sua loja é uma tradição semanal que funciona quase como um reloginho. Claro, já houve atrasos antes, só que estamos às vésperas de uma Stevenote, então a notável falta de destaques diferentes dos de ontem pode indicar que veremos algo grande relacionado à loja amanhã.

Adicionalmente, é só paranoia impressão minha ou séries de TV têm o que parece ser espaço para um botão a mais, talvez um “Rent”? Sinto vibes de US$0,99 vindo deste design.

Para piorar (ou melhorar), uma pesquisa de satisfação feita pela própria Apple com seus clientes trouxe algo que pode ser um vislumbre do futuro do iPad ou apenas um ato falho. Numa questão que pedia para o consumidor assinalar motivos pelos quais ele adora ver vídeos da iTunes Store na tablet da Apple, o item “Titles are available to watch instantly” (“Títulos podem ser vistos instantaneamente”) é tudo, menos algo corrente.

Se você tiver um Apple TV, é possível alugar um filme e começar a vê-lo depois de um tempo de buffering, mas no iPad você só começa a se divertir depois que o arquivo é completamente baixado. Num caso ou no outro, certamente o termo “instantâneo” não se aplica — a não ser que você tenha uma senhora conexão com a internet ou demore muito a preparar pipoca.

Pelo visto as chances de vermos coisas novas no iTunes são grandes. Com certeza uma atualização será disponibilizada para prover compatibilidade com novos iPods (haverá novos iPods, não tem como discutir isso), mas será que ela vai trazer novidades significativas ou será apenas algo incremental?

iTunes 9.5 ou 10, no que você aposta? Dou um minuto pra você pensar. 😉

[via TechCrunch, Engadget]

Posts relacionados

Comentários