Surgem mais detalhes do relacionamento abusivo entre Facebook e Ping

Logo do Facebook Connect

Estamos diante de um momento Jobsiano clássico: quando o CEO da Apple quer alguma coisa e ela lhe é vetada, o que ele faz? Vai e pega do mesmo jeito. Parece que foi isso o que houve com a API que permitiria aos usuários da rede social Ping encontrar seus amigos do Facebook.

Logo do Facebook ConnectPing

Segundo o AllThingsD, pessoas familiarizadas com a plataforma do Facebook contaram que a API necessária é aberta, mas com uma limitação: para proteger a estabilidade da rede e a privacidade de seus usuários, quando tal recurso é muito acessado um acordo deve ser feito com o Facebook.

Os mais de 160 milhões de clientes da iTunes Store com certeza podem gerar “muitos acessos”, ergo a Apple e o Facebook devem ter negociado de alguma forma, mas sem chegar a um acordo por causa de “termos onerosos”, pelo que Steve Jobs disse. Bem, ao menos isso explica as visitas recentes de Mark Zuckerberg, mas El Joboso deve ter mandado usarem a API mesmo sem acordo e ver se colava.

O fato é que o Facebook não gostou nada da avalanche de requisições vindas do Ping e simplesmente bloqueou a rede social da Apple — provavelmente gerando uma cena à la “Diabo Veste Prada”, com o pessoal de Cupertino se virando em mil pra eliminar o quanto antes todas as conexões entre as duas redes nos materiais de divulgação e afins.

Será assim para sempre? Improvável: fontes dizem que as discussões continuam em andamento e que um acordo poderá ser firmado a qualquer momento. Duvido apenas de que a crista do Jobs tenha baixado, mesmo com essa cortada brutal. 😛

Posts relacionados

Comentários