Caixa do Parallels 6 é avistada em loja; conheça detalhes da nova versão

Parallels Desktop

O Parallels, software de virtualização que permite rodar programas de Windows, está atualmente na sua quinta versão, certo? Curioso notar que alguém flagrou caixas de um tal “Parallels 6” nas prateleiras de uma loja e mandou a seguinte imagem para o TUAW:

Parallels 6 à venda em loja

É quase um milagre uma foto dessas não estar borrada ou desfocada a ponto de ser irreconhecível. De toda forma, enquanto a empresa responsável pelo software não vem a público anunciar oficialmente a novidade (feriadão, sabe como é), o 9 to 5 Mac conseguiu uma série de detalhes sobre esta versão do Parallels:

  • Suporta interface Aero no Windows Vista e 7; Acronis True Image; som surround 5.1 no Windows; Spotlight, Spaces e Exposé;
  • Backups mais fáceis no Windows;
  • Ganhos de velocidade, incluindo gráficos duas vezes mais rápidos, acesso a arquivos local e remotamente, conexões de rede, inicialização do Windows e, no geral, é mais rápido que o VMWare Fusion (ooow, isso pede resposta);
  • Performance melhor, mais sólida e rápida em jogos;
  • Software de segurança para Windows e Mac OS X incluso;
  • Fácil migração para máquinas virtuais;
  • Agora o Parallels Transporter é um recurso integrado ao Parallels 6;
  • Requer 1GB de RAM (2GB são recomendados), 450MB de espaço em disco, Mac OS X 10.5 ou superior e conexão com a internet (e, claro, um disco de instalação do Windows);
  • Garantia de satisfação ou seu dinheiro de volta nos primeiros 90 dias (tal oferta pode depender do vendedor);
  • Preço de US$80 (ainda não foi divulgado um plano de upgrade).

One more thing… O app gratuito Parallels Mobile [~200KB; requer o iOS 2.0 ou superior] não parece ter recebido muita atenção e carinho de seus desenvolvedores, o que se refletiu na receptividade do público (quase metade das avaliações dele são de uma estrela), mas pode ser que isso mude drasticamente. O verso de uma das caixas do Parallels 6 menciona integração com um app para iOS melhorado, mais funcional e redesenhado também para iPads — atualmente ele só pode ser usado em modo de compatibilidade.

O jeito é esperarmos para ver o que acontece.

Posts relacionados

Comentários