Pesquisa: Apple teria deixado de vender 880 mil iPhones nos EUA por causa do “Antennagate”

iPhone 4 Ponto 3G

Em uma pesquisa conduzida com 258 donos de celulares no centro de Minneapolis (Minnesota, Estados Unidos), a Piper Jaffray coletou informações indicando que “Antennagate” teria sido responsável por uma perda de 20% das vendas no país. Segundo as estimativas da firma de análises, 11 milhões de iPhones serão vendidos neste trimestre em todo o mundo, dos quais 4,4 milhões apenas nos EUA — daí o número de 880 mil vendas perdidas.

iPhone 4 Ponto 3G

Em uma série de perguntas, os entrevistados diziam qual sua operadora, a marca de seu telefone, se tinham conhecimento dos problemas relativos à antena do iPhone 4 e, dos que estavam a par do assunto, se isso teria influenciado sua decisão de compra. Das 177 pessoas (69% do total) que sabiam do “Antennagate”, apenas 36 (20% disso) disseram ter sido influenciados por esse problema específico.

É interessante notar que três vezes mais pessoas disseram ter decidido não adquirir um iPhone 4 por ele não estar disponível na rede da Verizon Wireless, razão que surgiu espontaneamente na pesquisa, sem intervenção dos entrevistadores. Ou seja, a AT&T é uma âncora de vendas bem mais influente que o Death Grip®. Ainda assim, a Piper reforça que a Apple continua vendendo mais iPhones 4 do que consegue fabricar — imagina se esses problemas não existissem!

Outras informações obtidas com este estudo: 38% dos entrevistados são clientes da AT&T; 28% têm algum modelo de iPhone; 8% já possuem o smartphone mais recente da Apple; apenas 9% têm algum Android; 31% são clientes da Verizon; 30% possuem algum BlackBerry; somente 3% têm um celular da Nokia. Esse último número soa estranho, pra quem vive no Brasil. 😛

[via Fortune Tech]

Posts relacionados

Comentários