Veja alguns destaques das App Store Review Guidelines

App Store Review Guidelines

Hoje mais cedo a Apple liberou um comunicado informando a sua comunidade de desenvolvedores sobre a atenuação de restrições a apps e também divulgando um documento com as linhas gerais adotadas pelo time de aprovação da App Store.

Publicidade

App Store Review Guidelines

Para ter acesso às App Store Review Guidelines, é preciso acessar esta página e fazer login com credenciais de desenvolvedor. Como nem todo mundo tem essas credenciais, o pessoal do Engadget publicou um PDF [119KB] com todas as informações e ainda separaram um tempinho para comentar algumas delas. Outro site que publicou e comentou as diretrizes item a item foi o AppAdvice, mas tudo está em inglês, claro.

Abaixo destacamos e traduzimos os (engraçados) itens da introdução e algumas das diretrizes do time de aprovação da App Store que julgamos mais interessantes. Divirta-se, pois não tem nada de “legalês” nem termos complicados no documento: é quase como se fosse uma grande compilação de emails escritos por Steve Jobs, como destaca John Gruber. 😉

  • Há muitas crianças baixando inúmeros apps, e controles parentais não funcionam sem que os pais os configurem (e muito não fazem isso). Então saiba que estamos de olho por causa das crianças.
  • Temos mais de 250.000 apps na App Store. Não precisamos de mais apps de peidos.
  • Se seu app não fizer algo útil ou não prover alguma forma de entretenimento duradouro, ele poderá não ser aceito.
  • Se parecer que seu app foi feito de qualquer jeito em alguns dias, ou se você estiver tentando publicar seu primeiro app experimental na loja para impressionar seus amigos, por favor, prepare-se para uma rejeição. Temos muitos desenvolvedores sérios que não querem seus apps de qualidade cercados por trabalhos de amadores.
  • Rejeitaremos apps por quaisquer conteúdos ou comportamentos que passarem da linha. Que linha, você pergunta? Bem, como já foi dito uma vez na Suprema Corte, “Vou saber quando eu ver.” E achamos que você também vai saber, quando cruzá-la.
  • Se seu app for rejeitado, temos uma Equipe de Revisão à qual você pode apelar. Correr para a imprensa e nos detonar nunca ajuda.
  • Este é um documento vivo, e novos apps apresentando novos questionamentos podem resultar em regras novas a qualquer momento. Talvez seu app desencadeie isso.

Estas foram só as diretrizes da introdução. Vamos agora a alguns itens interessantes das várias seções do documento:

2.11 – Apps que duplicarem apps já existentes na App Store podem ser rejetiados, especialmente se já houver muitos deles.

2.17 – Apps para navegar na web devem usar o iOS WebKit e o WebKit JavaScript.

3.10 – Desenvolvedores que tentarem manipular ou fraudar os reviews de usuários ou os rankings na App Store com reviews falsos ou pagos, ou ainda qualquer tipo de meio inapropriado, serão removidos do iOS Developer Program.

8.3 – Apps que se parecerem demais com um produto existente ou tema publicitário da Apple serão rejeitados.

8.4 – Apps com nomes de produtos da Apple escritos errados (ex.: GPS for Iphone, iTunz) serão rejeitados.

9.2 – Apps cuja interface imite qualquer interface de iPod serão rejeitados.

10.2 – Apps com visual similar a apps nativos do iPhone, inclusive a App Store, iTunes Store e iBookstore, serão rejeitados.

11.11 – Em geral, quanto mais caro seu app, mais a fundo vamos analisá-lo.

14.1 – Qualquer app difamador, ofensivo, mal-intencionado ou que possa colocar o indivíduo ou grupo visado em risco será rejeitado.

14.2 – Satiristas e humoristas políticos profissionais são isentos do veto sobre críticas ofensivas ou mal-intencionadas.

16.1 – Apps que apresentarem conteúdo excessivamente questionável ou grosseiro serão rejeitados.

16.2 – Apps criados especialmente para incomodar ou enojar usuários serão rejeitados.

18.1 – Apps contendo material pornográfico, definido pelo Dicionário Webster como “descrições ou exibições explícitas de órgãos sexuais ou atividades com intenção de estimular sensações eróticas e não emotivas”, serão rejeitados.

18.2 – Apps que contenham material criado pelos usuários que for frequentemente pornográfico (ex.: apps de “Chatroulette”) serão rejeitados.

19.2 – Apps podem conter ou citar textos religiosos, contanto que as citações ou traduções sejam precisas e não enganosas. Comentários devem ser educativos ou informativos, e não provocativos.

22.4 – Apps que habilitem compartilhamento ilegal de arquivos serão rejeitados.

Por enquanto, é isso: deixamos os comentários a cargo de vocês. 😉

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…