TIM emite declaração oficial sobre pirataria de aplicativos para iOS em loja autorizada

Loja da TIM oferecendo apps piratas

Ontem à tarde, o MacMagazine publicou uma denúncia de uma loja autorizada da TIM em Brasília oferecendo a instalação de programas e jogos piratas em iPhones e iPads. Até agora, as discussões acerca do assunto continuam supercalosoras nos comentários do post original.

Loja da TIM oferecendo apps piratas

Conforme comentamos anteriormente, a TIM foi contatada sobre a questão e acaba de nos enviar uma declaração oficial:

A TIM esclarece que não incentiva a venda de aplicativos da Apple ou de qualquer outro fabricante de forma incorreta e cumpre todas as determinações vigentes. Os consultores de suas lojas próprias e revendas são orientados apenas a ensinar os clientes a realizar o download dos programas escolhidos e legalmente liberados.

Com relação ao caso relatado, a TIM está apurando o ocorrido e tomará todas as medidas cabíveis para coibir quaisquer práticas indevidas que porventura sejam praticadas por seus parceiros.

A orientação quanto ao uso do iPhone e da App Store é uma obrigação de qualquer operadora parceira da Apple no mundo, mas cobrar R$180 para realizar a instalação de apps em gadgets não é uma prática apoiada pela Apple — que dirá de títulos copiados ilegalmente.

O caso da loja “Lig Celular” não está encerrado ainda, é claro, e segundo leitores há outras oferecendo serviços semelhantes em Brasília e em outras cidades. De ontem pra hoje, fomos inclusive informados por leitores de duas empresas que veiculavam anúncios no MM através do Google AdSense que também realizavam práticas ilegais; estas já estão devidamente bloqueadas em nosso sistema de publicidade.

Posts relacionados

Comentários