Em duas entrevistas, Eric Schmidt fala sobre a relação entre Google e Apple — é complicado…

Eric Schmidt em entrevista ao WSJ

Pode criar uma pasta chamada “Aham, Cláudia…” ou “Nasci ontem” e arquivar esta história nela, pois Eric Schmidt disse em uma entrevista ao Wall Street Journal, com todas as letras, que o Google “não considera a Apple ou o Facebook como concorrentes”.

Eu podia jurar que o Android e o Buzz eram justamente tentativas de concorrer, mas deve ter sido uma alucinação! “Nosso concorrente é o Bing. É uma ferramenta de busca bem administrada e altamente competitiva.” Oh, Deus! Agora ele quer que acreditemos que a busca da Microsoft ameaça o sou-um-sinônimo-do-verbo-buscar!

A entrevista completa tem 21min de duração — o Flash é culpa do WSJ, não nossa.

Cada vez que o Eric Schmidt abre a boca, eu sinto vontade de me jogar na frente de um caminhão de frangos vivos. Confira o vídeo acima, se você tiver estômago para aturar o CEO falando ad nauseam do quanto a empresa dele é aberta. Só uma coisa me acalenta, nestas horas: a incomensurável ironia de o Android ser tão aberto que as operadoras estão tirando o sistema de busca (e renda) do Google e instalando o Bing no lugar dele. Ka-chooong…! 😛

· · ·

Tem mais! Em outra entrevista, esta dada à BusinessWeek, ao ser questionado sobre por que o Google entrou no negócio de telefones, Schmidt respondeu o seguinte:

A Apple é uma companhia da qual somos parceiros e com a qual competimos. Temos um acordo de buscas com ela, e foi recentemente prolongado, além de fazermos todo tipo de coisa com mapas e coisas do tipo. Então a soma de tudo isso é que duas companhias grandes, ambas importantes, ambas com as quais me importo, vão [permanecer] bem próximas. Mas o Android veio antes do iPhone.

Sim, Schmidt, ele veio antes e tinha um teclado imenso e uma tela minúscula! Mas não vou deixar essa baboseira colossal que ele falou me distrair do ponto central da questão: afinal de contas, Apple e Google concorrem ou não?!

De uma coisa, eu tenho certeza: o Schmidt consegue elevar o nível de evil na Força a patamares nunca antes vistos*. 😐

* O Steve Ballmer não é evil, ele é só stupid. É bem diferente.

Posts relacionados

Comentários