Vendas de músicas digitais nos Estados Unidos estagnaram em 2010, segundo a Nielsen

iTunes Music Store no desktop e iOS

A Reuters publicou hoje os resultados de um relatório da Nielsen que aponta uma estagnação do mercado de músicas digitais entre 2009 e 2010. O desempenho há dois anos foi de impressionantes 28% de crescimento, enquanto há um ano foi de 13%. Pelo visto, os sinais de queda quase linear estavam dispostos pra quem quisesse ver.

iTunes Music Store no desktop e iOS

“Creio que este seja um platô, mas não quer dizer que o consumo digital [de música] vai cair significativamente”, disse Jean Littolff, diretor gerente da Nielsen Music. “É um platô, mas ainda não é saturação.” As causas para esse fenômeno, segundo a Nielsen, podem estar relacionadas à insegurança econômica, à falta de apelo dos lançamentos musicais, à confusão quanto ao número de lojas disponíveis e, mais fortemente, à concorrência com serviços de streaming, como o YouTube e, na Europa, o Spotify.

A Apple, líder deste segmento nos EUA, está tentando combater essa tendência como pode, chegando ao ponto de sair da sua área de competência principal para lançar uma rede social mal cozida e garimpar mais vendas, mas é preciso alguma cooperação das gravadoras para que as coisas melhorem. Cada um colhe o que planta: foram aumentar os preços, taí o resultado. Será que a solução é encarecer tudo mais ainda?

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários