Motorola processa Apple por violação de múltiplas patentes

Gráfico de processos de gigantes em mobile

Lembra do infográfico que publicamos ontem, mostrando quem está processando quem entre as gigantes de mobile? Um designer pegou os mesmos dados e transformou em algo muito mais bonito/organizado:

Publicidade

Gráfico de processos de gigantes em mobile

Pois bem, até então a Motorola não processava ninguém — só se defendia de acusações de Nokia, Research In Motion (RIM) e Microsoft. Hoje, isso mudou: a companhia acabar de anunciar a abertura de um processo gigantesco contra a Apple, acusando-a de violar múltiplas patentes de sua autoria.

Registrada na International Trade Commission (ITC) dos Estados Unidos, a ação da Motorola envolve o iPad, o iPhone, o iPod touch (citado como “iTouch”, erroneamente) e até alguns Macs como supostos infratores de suas invenções. A Motorola Mobility também entrou com reclamações de violação de patentes em dois diferentes distritos norte-americanos.

Publicidade

As três ações da Motorola, juntas, compreendem 18 patentes. Entre os serviços da Apple envolvidos no processo, estão o MobileMe e a App Store. As patentes da Motorola também incluem tecnologias de comunicação sem fio, design de antenas e outras funcionalidades/recursos como troca de emails pelo ar, sensores de proximidade, gerenciamento de softwares, serviços baseados em geolocalização e sincronização de múltiplos dispositivos. Quase tudo, digamos assim. 🙂

Apesar de não determinar que tipo de ressarcimento monetário vislumbra, a Motorola quer uma “Ordem de Exclusão” que impeça a importação de produtos da Apple citados no processo para os Estados Unidos, bem como proíba as vendas de unidades que já tenham sido importadas. Mais que isso: a fabricante de celulares demanda a interrupção imediata de quaisquer ações de marketing/comunicação que envolvam o iPhone e gadgets relacionados no país.

Publicidade

Isso vai dar é pano pra manga…

[via SAI]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…