Patenteie para travar: elementos-chave da tecnologia multi-touch, XGrid, iCal e mais [atualizado]

Patentes relativas a multi-touch - Patently Apple

Quem não se lembra da cara de paisagem de Steve Jobs, em janeiro de 2007, ao apresentar a tecnologia multi-touch do primeiro iPhone dizendo “Boy, have we patented it!”? Pois bem, aqui estão três provas de que isso não foi apenas uma bravata Jobsiana. O primeiro documento, enviado para aprovação no final de 2006, é intitulado “Portable Electronic Device with Multi-Touch Input” e descreve basicamente as linhas gerais de funcionamento de um aparelho portátil com tela sensível ao toque.

Patentes relativas a multi-touch - Patently Apple

Um segundo invento (“Ellipse fitting for multi-touch surfaces”), do início de 2007, descreve vários aparatos e métodos para rastrear múltiplos dedos e pontos de contato da palma da mão simultaneamente, conforme eles se aproximam da, deslizam sobre e tocam uma superfície sensível a múltiplos toques e a proximidade. Além, disso, o invento trata de um sistema de detecção de posições discretas das mãos e dos dedos para diferentes finalidades na superfície multi-touch, e também trata de métodos para minimizar a quantidade de eletrodos necessários para tornar tais usos possíveis.

Por fim, o terceiro invento (“Simultaneous Sensing Arrangement”), também de 2007, cuida propriamente da parte técnica, abordando como a implementação de multi-touch pode ser feita no hardware, expandindo as possibilidades da sua aplicação para muito além de dispositivos portáteis — algo que já vemos concretizado nos trackpads multi-touch de todos os notebooks atuais da Maçã, mas que pode se expandir para abordar mais produtos ainda.

. . .

Outras patentes em destaque hoje abordam vários produtos e tecnologias da Apple, incluindo controles parentais para entrada de texto (de forma a permitir ou não a saída de informações com base em condições pré-estabelecidas), o funcionamento geral do iCal no Mac OS X e do XGrid, ferramenta do Mac OS X Server para distribuir tarefas entre várias máquinas.

Patente de entrada de texto e XGrid - Patently Apple

Patente do iCal - Patently Apple

Além destas, patentes de design referentes ao Aluminum Wireless Keyboard, ao adaptador dock universal, ao dock do iPhone 3G e muitas outras invenções também foram conquistadas hoje, num total de 18 documentos publicados pelo Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos.

[via Patently Apple: 1, 2]

Atualização

Mentes inocentes, a minha e a do Patently Apple: uma das patentes brevemente descritas acima, mais especificamente a que habilitaria controles parentais para a entrada de texto no iOS, foi muito bem captada pelo iSmashPhone como um “sistema anti-sexting“. Explicando melhor: com uma tecnologia dessas, os pais de adolescentes poderiam evitar o envio de mensagens picantes, algo que tem se tornado uma preocupação crescente nos Estados Unidos.

Outra aplicação bem clara e educativa é fazer o sistema operacional checar a ortografia e a gramática dos textos escritos, de forma a prevenir a comunicação usando códigos como o Miguxês e o 1337 — ou até requerer que o usuário empregue corretamente palavras de um idioma estrangeiro, no caso de um adolescente que esteja estudando idiomas.

E, claro, o que vale para pais e filhos pode valer também para empregadores e empregados ou estudantes e professores, especialmente agora que iPads e iPhones estão cada vez mais populares no mercado de trabalho e em universidades.

Posts relacionados

Comentários