Cut the Rope é um game fofo, inteligente e lucrativo — um novo Angry Birds?

Uma boa ideia, quando trabalhada por programadores e designers competentes, cedo ou tarde alcança o sucesso e o reconhecimento merecido$. Foi assim com o Angry Birds, não foi? Veja o trailer abaixo e me diga se Cut the Rope (“Corte a Corda”) não tem tudo para seguir a trilha das aves irascíveis e conquistar fãs em todo o mundo:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=-1gf5UdYHwg[/youtube]

Quem não se derreteria por um monstrinho chamado Om Nom (onomatopeia, heh) que só come doces? E quem não ficaria louco com quebra-cabeças baseados em Física simples? Pois bem: em 10 dias, 1 milhão de pessoas se renderam ao charme desta criaturinha verde, tornando o Cut the Rope o app de venda mais rápida na história da App Store, segundo seus criadores. Os contadores da Chillingo, da ZeptoLab e da Apple devem estar acendendo fogos de artifício com notas de US$100, a esta altura.

Ícone do Cut the RopeO Cut the Rope está disponível para iPhones/iPods touch por US$1 [12,4MB; requer o iOS 3.0 ou superior] e em versão HD para iPads, por US$2 [26,9MB; requer o iOS 3.2 ou superior], há versões “Lite” (iPhone, iPad) para quem quiser testar sua capacidade de resistir aos olhinho pidões do Om Nom.

Notaram também como o ícone é praticamente o manual de instruções do jogo? Genial!

E, caso queira ter seu próprio monstrinho comedor de doces sem gastar muito, imprima a imagem abaixo num papel de gramatura alta e use um estilete para recortar (com cuidado!) os locais indicados. Não é necessário usar cola, basta encaixar direitinho.

Paper toy do Cut the Rope

Ah, recomenda-se deixar o Om Nom bem perto de doces, de preferência ao lado de bombonieres sempre cheias. 😉

[via App Advice]

Posts relacionados

Comentários