GVT lança Power Music Club e oferece streaming gratuito de músicas da Universal para seus clientes

GVT lança Power Music Club

A operadora GVT lançou hoje pela manhã, em coletiva para a imprensa realizada em São Paulo, o Power Music Club (PMC) — um novo portal com conceito de “clube virtual” para seus clientes, o qual oferecerá streaming de músicas da Universal Music gratuitamente. O MacMagazine esteve presente no evento e traz todos os detalhes para vocês.

Publicidade

GVT lança Power Music Club

A parceria entre a GVT e a Universal Music não tem precedentes no Brasil e é supercompleta: todo o acervo de músicas da gravadora, nacionais e internacionais, estará disponível pelo PMC. Aproveitando a qualidade e as altas velocidades da banda larga da GVT, o acesso ao conteúdo é feito única e exclusivamente via streaming — isto é, os usuários não podem baixar as músicas localmente para seus computadores.

Publicidade

Com um visual bem bacana e todo construído em Flash (sim, gadgets com iOS estão de fora — ao menos inicialmente), o portal powermusicclub.com.br permite que o usuário navegue por artistas, álbuns, gêneros e afins, conferindo playlists de seus ídolos e criando as suas próprias, que podem ser compartilhadas com quem quiserem.

GVT lança Power Music Club

Além disso, ele trará também muito conteúdo exclusivo, como notícias e entrevistas com famosos. Quem for usuário do serviço ainda poderá participar de promoções e sorteios para ganhar viagens para shows (inclusive no exterior), bate-papos com artistas e até mesmo a possibilidade de ter a sua banda favorita tocando na sua própria casa, para amigos e familiares.

Publicidade

A reprodução de músicas promete ser virtualmente instantânea mesmo nas velocidades de entrada da banda larga GVT, ainda que todas estejam codificadas em formato MP3 de 256Kbps. No caso de vídeo-clipes (muitos deles disponibilizados em primeira mão para usuários do serviço, vale notar), é possível que haja algum tempo de buffer antes do início da reprodução, visto que são codificados em alta definição, no formato H.264 a 1,5Mbps.

Todo e qualquer cliente da GVT tem acesso instantâneo, gratuito e ilimitado ao PMC — este é um benefício que vem para agregar valor ao serviço de banda larga da GVT. Cada usuário possui um login específico que pode ser utilizado em qualquer lugar do mundo, independentemente da conexão (não precisa ser uma linha GVT). Quem não for cliente da operadora também pode navegar por todo o portal, mas só tem acesso a 30 segundos de cada música, como degustação.

GVT lança Power Music Club

Publicidade

Entre os artistas e bandas que fazem parte do acervo da Universal estão Black Eyed Peas, U2, Bon Jovi, Lady GaGa, Amy Winehouse, Akon, Elton John, Rolling Stones, Maroon 5, Justin Bieber, Taylor Swift, Eminem, Metallica, 50 Cent, Mariah Carey, César Menotti & Fabiano, Ivete Sangalo, Zeca Pagodinho, Enrique Iglesias, Juanes, NX ZERO, Jack Johnson, The Killers, Rihanna, Leonardo, Caetano Veloso, Sandy, Nando Reis, entre outros — só pra citar alguns e dar uma ideia da diversidade da coisa. Novos lançamentos serão disponibilizados no portal periodicamente, à medida que forem postos no mercado e convertidos para formato digital.

Indagado pelo MacMagazine acerca da incompatibilidade do serviço com iPads, iPhones e iPods touch — devido à ausência de suporte à tecnologia Flash —, o vice-presidente executivo da GVT, Alcides Troller Pinto, afirmou que o que estamos vendo hoje é apenas o começo do PMC. Ele não descartou a possibilidade de a GVT desenvolver um app do PMC para iOS.

“Daqui a um ano, tenho certeza de que o produto terá uma cara completamente diferente da que estamos apresentando agora”, declarou Pinto. “O Power Music Club é apenas o primeiro passo da GVT na oferta de conteúdo, serviços e interatividade sobre a internet banda larga.”

GVT lança Power Music ClubGVT lança Power Music Club

GVT e Universal também trabalharão juntas para avaliar futuras oportunidades para o serviço, como a possibilidade de ele ser aberto para clientes de outras operadoras (mediante o pagamento de uma mensalidade, provavelmente) e venda de músicas+álbuns para download/armazenamento local. Nada disso foi prometido por ora, vale salientar.

“O consumo de música migra cada vez mais para os meios digitais e nada melhor do que conciliar nosso conteúdo com a banda larga da GVT para oferecer a melhor experiência ao cliente”, disse José Éboli, presidente da Universal Music no Brasil.

Com 3,6 milhões de linhas instaladas em todo o Brasil e tendo recentemente superado a marca de 1 milhão de clientes banda larga (dos quais 60% já possuem 10Mbps ou mais), a GVT já está presente hoje em 17 Estados (mais o Distrito Federal), cobrindo 93 cidades. Em 2010, estima-se que ela terá uma receita líquida de R$2,3 bilhões — e isso tudo com apenas 9 anos de operações, contando com mais de 8 mil funcionários espalhados pelo país.

Já o Universal Music Group (UMG) é considerado hoje o número um no mundo em seu seguimento, presente em 77 países e dispondo de contratos com mais de 3.500 artistas e bandas. Ele gera atualmente 5 bilhões de euros anuais em receita e já detém mais de 50% do market share digital e mobile no segmento.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…