Presidente da Acer menospreza o iPad; não tem nenhum produto concorrente pra mostrar

JT Wang, presidente da Acer, e um iPad - MacStories

Cada qual com suas bravatas. Num evento recente em Taiwam, JT Wang, presidente da Acer, comentou a aparente redução nas vendas de notebooks por causa da tablet da Apple dizendo que esse fenômeno parece restrito aos Estados Unidos e ao Reino Unido, segundo conta o DigiTimes.

JT Wang, presidente da Acer, e um iPad - MacStories

Para Wang, a demanda inicial alta é apenas passageira, e logo as pessoas vão cair na real e vão continuar preferindo notebooks para certas tarefas, como editar textos e planilhas. Quanto ao market share minguado que sua empresa apresentou nos EUA, neste trimestre, ele atribuiu a culpa a cortes de preços feitos por fabricantes de PCs concorrentes, ressaltando que a Acer não tomou essa atitude.

Outra coisa que a Acer não fez foi planejar algum tipo de tablet, pois “as tecnologias necessárias ainda não amadureceram o bastante e a companhia vai lançar produtos quando for a hora certa”. Eu podia jurar como memórias de estado sólido, baterias de alta eficiência, processadores de baixo consumo e telas sensíveis ao toque já eram tecnologias mais que maduras: olha só o que a Apple conseguiu fazer no iPad, e por apenas US$500! Talvez a Acer não tenha amadurecido ainda, isso sim. :-/

[via MacStories]

Posts relacionados

Comentários