Capo chega para iOS, trazendo uma forma interessante para aprender a tocar músicas do iTunes

Ícone do Capo para iOS

Um dos primeiros passos para se tornar um bom artista é começar imitando gente de talento; quem está começando pode afiar suas habilidades trilhando caminhos já desbravados, antes de enveredar pelo seu próprio estilo. Funciona no desenho, mas também na música: é nesta área que o Capo chegou para dar uma mãozinha no iOS, além da versão que ele já tem para Mac.

Digamos que você quer aprender a tocar “Mushaboom”, da ótima Leslie Feist, e passa o dia ouvindo a melodia. Não seria melhor se ela tocasse um pouco mais devagar, mas sem perder o tom? É exatamente isso o que o Capo faz: ele permite que você mude a velocidade das faixas que você sincroniza do iTunes* sem distorcê-las.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=DiH8Rt424eI[/youtube]

Além disso, ele tem algumas funções muito úteis para quem está aprendendo, como marcadores e loops, que podem ser usados para você treinar de novo e de novo algum trecho mais complicado. Como disse o fundador da SuperMegaUltraGroovy, Chris Liscio, o Capo para iOS foi “destilado em um núcleo de ferramentas que podem ser facilmente usadas para aprendizado portátil em aparelhos com telas de 3,5 polegadas”.

Capo no iPod touchCapo no iPod touch

Ícone do Capo para iOSA SuperMegaUltraGroovy realmente investiu neste aplicativo e está cobrando por ele o preço de um aplicativo de desktop: são US$20 na App Store [1,1MB; requer o iOS 4.0 em iPhones 3GS/4 ou iPods touch 3G/4G]. É um pouco caro, e isso certamente vai atrapalhar nas vendas, mas acredito que músicos com aspirações profissionais (ou passionais) de verdade não terão problema em abrir a carteira por uma ferramenta dessas.

Com o Capo no iPhone e o recém-lançado GarageBand ’11 (ou o próprio Capo) no Mac, não tem mais desculpas pra tocar mal. 😉

* O Capo para iOS é compatível com músicas nos formatos WAV, AIFF, MP3 e AAC sem DRM.

[via The Loop]

Posts relacionados

Comentários