Gráfico revela que despesas da Apple não são páreo para o crescimento nas vendas

Despesas da Apple - asymco

Quem vê os resultados de uma empresa como a Apple pode imaginar que tanto sucesso só pode vir de um investimento crescente em pesquisa e desenvolvimento, sem contar outros tipos de gasto. Pois bem, olhando o gráfico abaixo, feito por Horace Dediu (do asymco), é possível perceber que a razão das despesas operacionais em relação ao faturamento está numa tendência de queda.

Publicidade

Despesas da Apple - asymco

Sim, a eficiência da Apple tende a aumentar com o passar do tempo: ela pode até gastar mais em termos absolutos, mas cada centavo investido volta multiplicado. E nisso, brinca Dediu, ainda deve levar em conta que “a liderança da Apple em marketing e desenvolvimento de produtos significa que ela está fazendo o trabalho de todos os piratas, copiadores e artistas plagiadores da indústria”. Ou seja, a eficiência é maior ainda do que parece: palmas pro Steve Jobs Tim Cook, que é quem cuida dessas coisas na Maçã.

One more thing… Quanto a previsões para o próximo semestre, Dediu espera que sejam vendidos 16 milhões de iPhones, 4,3 milhões de Macs, 6 milhões de iPads e quase 19 milhões de iPods (não se engane: esse número ainda representaria uma queda de 10% em relação ao ano passado).

Publicidade

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…