Com US$51 bilhões no banco, Apple volta ao centro dos rumores sobre aquisições gigantescas

Sede a Apple em 1 Infinite Loop

Tudo não passa de especulação — e das brabas, para quem conhece o histórico recente de aquisições da Apple —, mas não deixa de ser algo remotamente possível e, considerando que Steve Jobs gosta de nos surpreender, não podemos também fazer vista grossa ao que estão dizendo por aí.

Sede a Apple em 1 Infinite Loop

Com US$51 bilhões no banco, a Apple pode hoje abocanhar empresas gigantescas. Alguns nomes potenciais? Adobe, Sony, Electronic Arts e até mesmo Walt Disney. Secundariamente, ainda fala-se em Netflix, Facebook, Yahoo!, TiVo, Sirius e SanDisk.

Mal dá pra imaginar o que uma dessas aquisições significaria para o futuro da empresa e/ou do mercado no qual ela iria se inserir, mas nos anos recentes a Apple sempre optou por investir em empresas menores, que tenham maior facilidade e propensão de se adaptarem ao modus operandi de Cupertino. Até hoje, a maior aquisição já feita pela empresa foi a da NeXT, em 1997 — por US$404 milhões —, que culminou na volta triunfal de Jobs.

Se você comandasse a Apple e fosse decidir algo dessa magnitude, o que faria? 😉

[dica do Leonardo, via NYTimes.com]

Posts relacionados

Comentários