CEO da Sprint elogia o iPad; desconversa na hora de falar do iPhone

Dan Hesse, CEO da Sprint

Dan Hesse, CEO da SprintToda a atenção do mundo se volta para a Verizon Wireless, sempre que as palavras “iPhone” e “CDMA” aparecem na mesma frase. Só que muitas pessoas podem esquecer que existe outra operadora que usa esse tipo de rede nos Estados Unidos: a Sprint, terceira maior do país.

Conversando com o GigaOM, Dan Hesse, CEO da telecom, comentou o quanto o iPad foi benéfico para seus negócios. Não, você não leu errado: a tablet da Apple é GSM e usa um Micro-SIM, mas o modelo Wi-Fi do gadget tem gerado demanda por hotspots portáteis, como o Sierra Wireless Overdrive 3G/4G.

Quando o assunto passa a ser o iPhone, Hesse desconversa, dizendo que a Sprint não discute suas relações com fabricantes ou conversas com terceiros. Hmmm… “Nada a declarar”? Acho muito suspeito, já que o normal, a meu ver, seria algo tipo “Adoraríamos ter o iPhone” ou “Estamos bem o bastante com o Android e o BlackBerry”. Se o iPhone CDMA for real e ganhar as ruas em 2011, é capaz de ele chutar as portas e ser vendido não apenas na Verizon, mas também na Sprint.

Afinal de contas, a Apple teria 50% mais clientes potenciais, se lançasse seu smartphone em ambas.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…