Gartner convoca empresas a planejarem pelo menos algum nível de adoção do iPad

Miniatura do logo da Gartner

Não estou neste ramo de notícias há muito tempo, mas não lembro de ter visto nada do tipo acontecer antes: conforme conta o Siliconrepublic.com a Gartner praticamente convocou os CEOs do mundo a darem uma chance à tablet da Apple dentro de suas organizações.

iWork para iPad

“Não é um papel comum do CEO se envolver diretamente com decisões a respeito de tecnologias específicas, mas o iPad da Apple é uma exceção”, disse Stephen Prentice, vice-presidente da Gartner. “Ele é mais que apenas o último gadget para consumidores; CEOs e líderes de empresas devem começar a conversar com seus CIOs sobre [o iPad], isto se já não tiverem conversado.”

Prentice acredita que os funcionários de muitas empresas certamente vão comprar iPads com dinheiro do próprio bolso e querer usá-los no trabalho, de forma que as empresas precisam estar preparadas para oferecer suporte, por mais que elas se vejam fundamentadas no sistema operacional da Microsoft. “As organizações precisam reconhecer que há benefícios velados num aparelho deste tipo na jornada para melhorar recrutamento e retenção. Tecnologia nem sempre é só produtividade.”

Por enquanto, a Gartner prevê que 2010 veja 19,5 milhões de tablets vendidas, subindo para 54,8 milhões em 2011 e mais de 208 milhões em 2014. Gadgets de outras empresas certamente seriam capazes de assumir esse papel em empresas e participar significativamente desses números, mas, sinceramente, depois de mais de seis meses com o mercado quase que totalmente só para ele, é difícil o iPad perder a posição que conquistou sem antes lutar ferozmente (leia-se: “o iPad 2 vem aí”).

[via 9 to 5 Mac]

Posts relacionados

Comentários