O futuro das telas sensíveis ao toque pode se tornar amigável a luvas

Nova tecnologia de touchscreen da Hitachi

As telas sensíveis ao toque do começo deste século eram uma coisa meio tosca: resistivas, elas dependiam do toque de alguma coisa dura, que exercesse pressão sobre o display. O advento das telas capacitivas resolveu isso, permitindo que usássemos as pontas de nossos dedos para interagir com elas, mas aí um outro problema surgiu: em países frios ou ambiente esterilizados, onde as pessoas precisam usar luvas isolantes, fica impossível usar essas telas.

Nova tecnologia de touchscreen da Hitachi

Se depender de uma tecnologia desenvolvida pela Hitachi Displays, porém, essas limitações serão coisa do passado: um protótipo baseado em projeção seria capaz de reconhecer comandos feitos por mãos nuas ou em luvas de variados materiais. Até uma stylus poderia ser usada sem problemas!

Apesar de o espectro de dimensões possíveis coincidir quase exatamente com os produtos da Apple (de 3 a 10 polegadas; só o iPod nano ficaria de fora), pode ser que uma coisa impeça a adoção desta tecnologia: a quantidade de toques simultâneos na tela. Por enquanto o iOS não usa mais que dois toques (normalmente para zoom), mas como gestos de até quatro dedos já são empregados no Mac OS X e algumas telas da Maçã reconhecem atualmente uma quantidade de toques maior que o número de dedos em uma pessoa normal, eu não sei se essa limitação seria gerenciável.

O tempo dirá.

[via Patently Apple]

Posts relacionados

Comentários