Jim Balsillie, co-CEO da RIM, constata o óbvio: “Você não precisa de um app para a web”

Jim Balsillie - co-CEO da RIM

E o Web 2.0 Summit continua dando o que falar [1, 2]. Agora foi a vez de Jim Balsillie, co-CEO da canadense Research In Motion, de alfinetar a Apple com declarações sobre sua postura em relação a apps, a web e tablets.

Jim Balsillie — co-CEO da RIM

Ao ser perguntado sobre o que diria a Steve Jobs se ele estivesse presente, Balsillie começou um pensamento (“A primeira coisa que eu diria era que você finalmente apareceu. Não sei como você pode simplesmente sentar e dizer coisas e…”), mas não o concluiu — talvez porque estivesse sendo tudo registrado, e El Joboso provavelmente tem uma pasta especial no Mac Pro dele só com “Declarações a Esculachar”.

Mudando de assunto, Blasillie passou a dizer o quanto a RIM acredita numa abordagem focada em web apps, com a possibilidade de desenvolvedores criarem aplicativos sem precisar de código nativo de uma plataforma, apenas usando as ferramentas WebWorks, da RIM. “A web não precisa ser um app. Você não precisa de um app do YouTube para acessar o YouTube num aparelho móvel”, disse, como uma crítica ao que chamou de “appificação da web”.

Deve ser por isso que o Mobile Safari foi o primeiro navegador móvel digno de uso no mercado, e continua sendo um dos melhores. Também deve ser por isso que, reiteradas vezes, a Apple reforçou o quanto ela apoia duas plataformas — a App Store (fechada) e a internet (aberta) — depois de passar um ano investindo exclusivamente em web apps para o (então) iPhone OS. Mas quem se importa com essas coisas? Vamos festejar o quanto o PlayBook de 2011 será mais rápido que o iPad de 2010, como se um novo iPad não fosse chegar ao mercado meses (ou semanas?) depois de a tablet da RIM deixar de ser vaporware.

[via ZDNet]

Posts relacionados

Comentários