Apple está mesmo envolvida nas ameaças contra jovem que vendia kits de iPhones 4 brancos

WhiteiPhone4Now

Há dois dias, quando sites do mundo inteiro falaram do garoto de 17 anos que lucrou mais de US$130 mil vendendo kits de conversão para iPhones 4 brancos, ele já tinha recebido uma carta ameaçadora de um até então “investigador particular”. Agora, o advogado de Fei Lam, Andrew M. Jaffe, afirma que o tal investigador — Jimmy Robbins — estava mesmo trabalhando para a Apple.

WhiteiPhone4Now

A primeira acusação da Apple contra Lam é que ele estaria “vendendo bens roubados”, algo que o garoto garante 100% não ser o caso. Jaffe diz que Robbins já terminou o seu trabalho, e que a partir de agora “a Apple cuidará sozinha do caso”.

Lam e seu advogado ainda aguardam um contato oficial da Maçã, mas o garoto certamente não está contente com o rumo que as coisas estão tomando. “Estou bastante preocupado, sabendo que a Toda-Poderosa Apple está atrás de mim”, disse ele.

Eu também estaria, Lam. Se serve de consolo, ele afirma que o tráfego no seu site este mês já superou todos os últimos meses, combinados.

[via The New York Observer]

Posts relacionados

Comentários