RBC Capital: 40 milhões de iPads serão produzidos em 2011; iPhone CDMA na casa dos 20-30 mi

Caixas de iPad e iPhone 4

Mike Abramsky, analista da RBC Capital Markets, revelou hoje em uma nota a investidores que a Apple teria intensificado a produção de iPads para o final do ano, esperando uma demanda intensificada (outra revelação bombástica: o sol nasce no leste). Esse clima de otimismo, segundo Abramsky, existe apesar da competição de tablets com Android (2.2, não otimizado para tablets) e da concorrência interna do MacBook Air (que não existe, apesar de certos agouros).

Caixas de iPad e iPhone 4

Mas esse aumento na produção só iria até janeiro do ano que vem, quando ela deve cessar completamente, para dar lugar à produção do iPad 2, que deverá contar com duas câmeras e estar à venda entre fevereiro e março (pelo menos as fornecedoras já estariam aquecendo os motores para isso). Ao longo de 2011, o analista prevê que 40 milhões de iPads sejam fabricados — mais otimista que a média em Wall Street, mas não tão Pollyanna quanto Brian Blair.

Já em relação a um iPhone CDMA, Abramsky aposta em algo entre 20 e 30 milhões de unidades produzidas. Não é nem uma questão de “se”, mas de “quantos” — e olha que ele já chegou a dizer que Apple e Verizon Wireless nunca iam se bicar, por causa do Android. 😛

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários