Graphics Properties Holdings, antiga Silicon Graphics, processa Apple por infração de patentes

Logo da defunta Silicon Graphics Inc.

Para variar um pouco, eis um processo sendo aberto por uma empresa que colocou produtos de verdade no mercado. Uma antiga potência em termos de efeitos visuais tridimensionais usados no cinema (com direito a indicações ao Oscar em oito anos consecutivos), a Silicon Graphics Inc. (SGI) teve que abrir falência no ano passado e retornou como Graphics Properties Holdings Inc. (GPHI), sendo detentora de mais de 300 patentes relacionadas a tecnologias gráficas.

Justamente por causa de alguns desses inventos, a empresa levou ATI e AMD aos tribunais alegando uso indevido de sua propriedade intelectual e obteve uma vitória significativa em junho deste ano.

Logo da defunta Silicon Graphics Inc.

O sabor desta conquista deu à GPHI estímulo para abrir, em 16 de novembro, um processo similar contra Apple, Nintendo e Acer em uma corte de Nova York. As duas patentes supostamente infringidas têm títulos idênticos (“Display System having Floating Point Rasterization and Floating Point Framebuffering”) e registros de número 6.650.327 e 7.518.615; os produtos da Maçã que as estariam infringindo seriam o iMac e o Mac Pro.

Um litígio adicional foi iniciado pela GPHI dois dias depois, numa corte do Delaware, contra Gateway, Lenovo, HP, Dell, Lenovo Group e Alienware. Dá pra notar um padrão, creio: todas as empresas processadas usam placas gráficas da ATI em seus produtos. Vamos ver como essa história termina.

[via Patently Apple]

Posts relacionados

Comentários