Fazendo escola: Citibank pretende inspirar-se nas Apple Retail Stores para abrir suas filiais

Citigroup

Se uma estratégia dá certo para determinada empresa (e ela não está patenteada nos mínimos detalhes), por que não procurar copiá-la? Foi assim que a Sony entrou num mercado da Nintendo, a Microsoft inspirou-se no sucesso da Sony, a Apple viu que uma rede social para jogos funcionou com a Microsoft e, agora, o Citigroup quer seguir os passos da Apple no ramo de lojas como representantes da marca.

Citigroup

De acordo com uma reportagem do Financial Times, o Citibank teria planos de abrir filiais marcantes, voltadas a seus clientes mais abastados, em mais de 100 grandes cidades ao redor do mundo, 10–15 delas na Europa Ocidental. O plano parece ser basicamente enxugar a estrutura do banco concentrando-se em pontos-chave, de forma atender melhor pessoas que viajam muito, oferecendo um ambiente moderno e acolhedor, ressaltando que representa a marca do Citibank.

Se os últimos estabelecimentos do banco abertos na Ásia forem um sinal do que está por vir, os clientes poderão contar com tecnologia de ponta em telas sensíveis ao toque e um paredão de informações que mostra a previsão do tempo, índices financeiros e notícias de todo o mundo. Parando pra pensar, esse não seria o estilo das Microsoft Stores? Acho que a linha da Apple é mais minimalista, com menos ostentação — a inspiração do pessoal do Citi, então, pode ser de “segunda geração”. 😛

[via 9 to 5 Mac]

Posts relacionados

Comentários