Patenteie para travar: buscas espaço-temporais, descobrindo o Norte verdadeiro e mais

Patente de buscas espaço-temporais

Uma série de patentes publicadas recentemente parece demonstrar que a Apple andou se preocupando com três coisas: localização, localização e localização. Vejamos, por exemplo, um invento que trata de buscas baseadas em posicionamentos futuros do usuário.

Patente de buscas espaço-temporais

Se você estiver viajando e quiser encontrar um lugar onde almoçar, é muito #FAIL seu iPhone dizer que o lugar ideal é um pelo qual você passou há meia hora e que já está a quilômetros de distância. Com este invento, um smartphone poderia combinar informações da busca com o seu trajeto futuro e só mostrar resultados que ainda estejam no seu itinerário. Creio que o Google não vai gostar de ver isto registrado em nome da Apple… 😛

Outra patente descreve métodos para um magnetômetro calcular a posição do norte geográfico, diferenciando-o do norte magnético. Isso pode aumentar a precisão da bússola eletrônica de um gadget. Detalhe: sem depender de ações do usuário.

Patente de calibragem de magnetômetro

Por falar em “ações do usuário”, quem não conhece o bom e velho gesto de calibragem da bússola de iPhones 3GS/4? Ele pode estar com os dias contados! Isso porque uma patente descreve mecanismos que combinam calibradores bi e tridimensionais que permitiriam fazer esse processo até mesmo enquanto o gadget está fixado no painel de um carro.

Esses três inventos foram apenas alguns de uma pilha de nove — alguns bastante parecidos entre si, mas todos com com foco em geolocalização. Pelo visto, a Maçã deve ver um futuro promissor no aprimoramento dessas tecnologias.

[via Patently Apple]

Posts relacionados

Comentários