J.P. Morgan espera crescimento em todas as linhas de produtos da Apple, especialmente o Mac

Mac iPad iPhone

Shaw Wu, da Kaufman Bros., não foi o único a falar da prosperidade da Apple aos investidores hoje: Mark Moskowitz também foi muito otimista com relação ao futuro da Maçã, colocando o preço-alvo da NASDAQ:AAPL na casa dos US$420, US$20 a mais que sua última previsão.

Publicidade

Mac iPad iPhone

O analista da J.P. Morgan apontou como motivos para essa mudança positiva a espera por um iPhone compatível com a rede da Verizon Wireless nos Estados Unidos e um crescimento equilibrado em todas as linhas de produtos da Apple.

“Enquanto se espera que iPhone e iPad sejam os maiores contribuintes para o crescimento das receitas a curto e médio prazo, o Mac também deverá ter uma participação importante”, escreveu em nota divulgada nesta quinta-feira. “Por volta do fim [do ano fiscal] de 2011, esperamos que o Mac reganhe proeminência no histórico de crecimento da Apple, conforme a companhia abordar a oportunidade multibilionária na Zona Alvo de PCs.”

Publicidade

Esse aumento da participação do Mac na arrecadação de receitas deverá provir de um “Efeito Halo” do iPad como extensão da plataforma de produtividade da Apple, além de uma postura mais agressiva da companhia no mercado internacional com preços médios de venda mais baixos. Em relação a iGadgets, melhores rendimentos em lotes de processadores A4 e preços favoráveis de peças em geral deverão elevar as margens de lucro para algo em torno de 39–40%.

Ao longo do próximo ano fiscal da Apple (que vai de outubro de 2010 a setembro de 2011), Moskowitz espera que sejam vendidos 60 milhões de iPhones, 46 milhões de iPods, 26,6 milhões de iPads e 17,3 milhões de Macs. Hoje a AAPL encerrou o dia com uma leve alta de 0,28%, valendo US$321,25.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…