Governo japonês quer que iPhones sejam vendidos com mais filtros de conteúdo

Bandeira do Japão - iPhone 4

Depois de cair nas graças (e na boca) do povo japonês, o iPhone virou alvo do Ministério de Assuntos Internos e Comunicações: ou Apple, ou SoftBank precisa dar um jeito de o smartphone ser vendido com um filtro de conteúdo para impedir que menores sejam expostos a websites nocivos.

Bandeira do Japão - iPhone 4

Uma lei no Japão requer que operadoras instalem filtros em aparelhos que são vendidos a menores de idade, mas no caso do iPhone seria bem complicado para a SoftBank colocar algo do gênero sem antes ter que pedir os dados pessoais do comprador, incluindo número do cartão de crédito, para então baixar e instalar um app que satisfaça essa condição, substituindo o Mobile Safari.

A situação é delicada e não parece ter uma saída simples: o iOS oferece controles parentais, mas no tocante ao Safari existe apenas uma opção de tudo-ou-nada (ou acessa qualquer coisa, ou desaparece com o browser); a SoftBank poderia “censurar” acessos feitos pela sua rede, mas conexões via Wi-Fi continuariam desassistidas; deixar esse controle a cargo dos pais não parece ser exatamente uma solução, diante da lei… Proibir a venda do iPhone a menores de idade resolveria a questão?

Esse caso não deixa de ser irônico, dada a muito criticada preocupação da Maçã em tornar seus produtos sempre os mais family-friendly possíveis. Pelo visto, o iOS ainda é liberal até demais, para certos padrões. 😛

[via MobileCrunch]

Posts relacionados

Comentários