Anunciado no dia 11, iPhone para a Verizon poderá chegar a lojas já no final do mês [atualizado]

Verizon Wireless num iPhone 4 branco

Depois de “confirmar” que o evento desta terça-feira (11/1) será mesmo destinado à chegada do iPhone à Verizon Wireless (resta saber, agora, se Steve Jobs estará lá ou não), o WSJ.com agora afirma que o aparelho deverá chegar às lojas já no final de janeiro.

Verizon Wireless num iPhone 4 branco

Citando mais uma pessoa “próxima às negociações”, o veículo diz que as vendas do novo iPhone deverão se iniciar 2-3 semanas após o seu anúncio. Há alguns dias, o BGR havia citado a data de 3 de fevereiro — uma quinta-feira — como quente, mas pelo que diz o WSJ.com, o lançamento poderá ocorrer até antes disso.

De acordo com as informações obtidas, o aparelho será muito parecido com o iPhone 4 que conhecemos, mas rodará na rede CDMA da Verizon. A imagem que ilustra este artigo não foi à toa: não seria esta uma boa oportunidade para o modelo branco finalmente chegar ao mercado? 😉

Estou muito curioso para saber os planos e preços que serão praticados pela Verizon, afinal, a qualidade e superioridade da operadora perante a AT&T parece ser um consenso entre os norte-americanos. Para nós, todavia, pouco deverá mudar: duvido muito que os iPhones vendidos nos Estados Unidos passem a ser desbloqueados de fábrica.

A Reuters também “confirma” que o evento de terça-feira será focado no iPhone.

Atualização (às 22h58)

Pelo visto, a briga entre as telecoms vai ser sangrenta: segundo o WSJ.com, a Verizon Wireless está tão confiante nas capacidades de sua rede que deverá oferecer planos de dados ilimitados (algo que a AT&T abandonou, com a chegada do iPhone 4 e suas fotos de 5 megapixels).

E mais uma coisa: o 9 to 5 Mac conta que a Apple abandonará sua infame restocking fee em Retail Stores a partir da próxima terça-feira. Ela funcionava assim: se, em até 14 dias após a compra de um produto, você quisesse devolvê-lo com a embalagem violada, seria preciso pagar essa taxa de 10% sobre o valor da mercadoria. O fim dessa política justo no dia 11 de janeiro soa como coincidência?

Posts relacionados

Comentários