Apple, Microsoft e Oracle abandonam planos de adquirir patentes da Novell

Miniatura do logo da Novell

Em meados de dezembro comentamos o quanto era bizarra uma história de que Apple, Microsoft, Oracle e EMC (quem?) formaram uma joint-venture para adquirir 882 patentes da Novell, uma iniciativa encarada como ameaçadora ao software livre.

Logo da Novell

Foi alarme falso, pelo visto: em 30 de dezembro as pretensões de formar a CPTN Holdings e de fato comprar as patentes foram abandonadas, o que ocasionou um suspiro de alívio entre muitos defensores de tecnologias abertas, segundo a Computerworld. Apesar dos protestos de muitas organizações, a motivação para a desistência não parece ter sido externa.

“Os fundadores e líderes da CPTN têm uma longa história de opor e desfigurar os valores do software open source, que são o coração da infraestrutura da web e de muitos dos mais usados produtos e serviços de software. A única ou principal concorrência para vários produtos de grandes nomes da CTPN é open source“, declarou a Open Source Initiative.

Mas a “Novella” não acabou ainda: resta o fato de que o portfólio de patentes da Novell continua à venda, por US$450 milhões. Alguém aí estaria disposto a comprá-lo, pelo bem do Tux?

[via 9 to 5 Mac]

Posts relacionados

Comentários