Jimmy Wales, cofundador da Wikipédia, fala dos perigos de app stores para a internet

Jimmy Wales

Se você alguma vez teve que recorrer à Wikipédia para buscar alguma informação ou simplesmente para ler sobre algum assunto interessante, amanhã é um dia de festa, pois a enciclopédia escrita por pessoas como eu e você completará dez anos. Jimmy Wales, um dos pais deste projeto, está todo garboso e, durante um evento em Bristol, Inglaterra, falou sobre sua cria e respondeu a perguntas.

Jimmy Wales

Em uma delas, Wales disse acreditar que app stores que seguem os moldes da loja da Apple oferecem o risco de se tornar um “gargalo” e “ameaçar um ecossistema diverso e aberto”, adicionando que aparelhos móveis são propriedade de quem os compra e que os usuários é que devem controlá-los. Ele comentou ainda que as discussões atuais sobre neutralidade da rede são, em sua maioria, hipotéticas e não representariam um perigo imediato.

É difícil ficar impassível diante desta opinião: encarar a App Store da Apple como uma ameaça maior que os esquemas propostos pela dupla Verizon & Google para regular a velocidade de determinados serviços em redes de telefonia celular é um pouco de exagero. Mesmo havendo apps nativos, os usuários do iOS continuam livres para acessar quaisquer sites, todos com a mesma prioridade: o Mobile Safari não distingue um do outro.

Isso é bem diferente de fazer dados de uma determinada empresa ou serviço receber privilégios em relação a outros, na base de quem pagar mais — algo como os vídeos do YouTube serem sempre mais rápidos que os do Vimeo, na rede de uma dada operadora, ou um usuário ter que pagar extra para poder acessar serviços de email, chat ou streaming.

Em uma nota mais leve, veja que curioso, este tweet de um professor: “Ontem perguntei pra uma das minhas alunas se ela sabia o que é uma enciclopédia, e ela respondeu ‘É algo como a Wikipédia?’” Essas crianças de hoje… 😛

[via AltEngadget]

Posts relacionados

Comentários