Dados do NPD Group indicam crescimento de 18% do Mac nos Estados Unidos

Família de Macs

Gene Munster, analista da Piper Jaffray, apresentou hoje dados do NPD Group para as vendas de Macs nos Estados Unidos, indicando que os computadores da Apple teriam crescido 18% em relação a 2009 dentro do país. Internacionalmente, porém, o avanço foi bem maior, o que vai ajudar a Maçã a atingir o crescimento anual de 24% esperado por Wall Street.

Família de Macs

O bom desempenho em relação ao ano passado poderá ser parcialmente compensado pelo sucesso que a linha de iMacs redesenhada fez em 2009: os novos desktops teriam vendido tanto na época que ficará mais difícil superá-los agora. O produto mais visado de 2010 seria o novo MacBook Air, e Munster acredita que foram vendidos cerca de 500 mil dos novos notebooks ultrafinos, contra 1,2 milhão de iMacs no trimestre que acabou em dezembro.

No geral, Munster mantém sua previsão de 4,3 milhões de Macs vendidos em todo o mundo, marcando o melhor trimestre da história da companhia. Dados do NPD indicam ainda que as vendas de iPods deverão cair cerca de 3% nos Estados Unidos, enquanto o consenso em Wall Street aponta para uma queda global bem maior, de 9%.

Gartner e IDC também já traçaram suas previsões para a performance do Mac no trimestre passado. Os resultados oficiais da Apple serão divulgados numa conferência amanhã.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários