Vai a uma reunião? Lembre de levar seu iPad com estes apps instalados nele

iPad em uma reunião

Ben Brooks escreveu um artigo que tem um título ousado: “iPad: A Melhor Coisa que Aconteceu em Reuniões desde 1960”. Por que essa afirmação tão atrevida? Por uma série de motivos, e vou tentar resumi-los a seguir, com dicas de apps e de comportamento que podem se mostrar valiosas.

iPad em uma reunião

Primeiro, o iPad derruba barreiras. Ao contrário de um notebook, a tablet não tem uma tela vertical que isola as pessoas com uma muralha psicológica. A curiosa história de uma tia que iniciava todas as suas reuniões dizendo que os participantes deveriam “set phasers to stun and shields down” reflete a importância de manter seu celular (o phaser) no modo silencioso e fechar a tampa do seu computador (abaixar os escudos). Pode parecer bobagem, mas uma tela de LCD é quase impenetrável para o contato entre duas pessoas numa mesa — quero ver você conseguir ter um jantar romântico com milhões de pixels competindo contra dois olhos na outra extremidade.

Em segundo lugar, anotações feitas no iPad podem ser vasculhadas com buscas, ao contrário de qualquer coisa escrita à mão ou gravada. Quem tem o hábito de fazer anotações manuscritas e depois passá-las para o computador pode lucrar imensamente em produtividade se fize-las diretamente na tablet.

Ícone do OmniFocus Ícone do Evernote Ícone do Screens Ícone do RDP iTap Mobile

Clique num ícone para ir à App Store

Terceiro ponto: o iPad é ótimo para manter registros de tudo em quanto, sejam listas de afazeres (seus e dos outros), compromissos, material de referência ou o que quer que seja. Não importa qual a necessidade, pode apostar como “There’s an app for that” — e, neste caso, os aplicativos fazem toda a diferença em termos de preparação.

Ícone do Yojimbo para iPad Ícone do Dropbox Ícone do Egnyte HD Ícone do Notes+

Clique num ícone para ir à App Store

Quarto ponto, já que mencionei referência, uma tablet sempre conectada é perfeita para encontrar qualquer coisa que seja necessária numa reunião, se você estiver devidamente prevenido. Precisa de uma informação online? Algo ficou esquecido num email antigo? Você tem que acessar um arquivo em um servidor? Praticamente qualquer coisa é possível com um iPad — ou com um computador, mas a tablet tem a vantagem da portabilidade. Se você tiver os apps certos, aí é que a coisa fica mais simples.

Ícone do Adobe Ideas Ícone do Layers Pro Ícone do Muji Notebook Ícone do Penultimate

Clique num ícone para ir à App Store

Em quinto lugar: rabiscos. Por incrível que pareça, a possibilidade de desenhar livremente na tela do iPad é fabulosa para ilustrar ideias (seja com rascunhos toscos ou com algo mais elaborado) e mantê-las sãs e salvas. Fazer isso num computador comum é bem mais complicado, se você não tiver uma Wacom amiga à mão.

Por fim, Brooks dá oito dicas valiosas para quem quiser levar sua tablet para encontros de negócios sem parecer inconveniente ou pretensioso:

  1. Se levar um teclado Bluetooth ou o dock do iPad passar pela sua mente, talvez você lucre mais levando logo um laptop.
  2. Não conte com a internet alheia — mesmo que haja Wi-Fi, nada garante que alguém vai saber a senha. Leve seu hotspot pessoal ou use um iPad 3G — ainda assim, esteja preparado para o pior, pois a sala de reuniões pode ficar em um ponto cego de recepção.
  3. Seu celular fica no modo silencioso, certo? O mesmo vale pro iPad.
  4. Só cheque seu email durante a reunião se for pra procurar por algo pertinente.
  5. Antes de a reunião começar, procure deixar em ponto de bala todos os apps que você pretende usar — crie notas novas, baixe arquivos no Dropbox, sincronize pastas de email…
  6. Seja limpinho e dê um lustre na sua tablet. Nunca se sabe quando você vai precisar apresentá-la ou se o CEO da empresa vai pegar nela.
  7. Seja gentil e pergunte se o organizador da reunião concorda que você use o iPad.
  8. Leve papel, caneta e cartões de visita — ou então esteja preparado para distribuir iPads para todos os novos contatos que você fizer.

Tomou nota? Só mais uma coisa: esteja pronto para ser o centro das atenções e ter que responder a uma montanha de perguntas, se o iPad ainda for novidade onde você trabalha.

[via MacStories]

Posts relacionados

Comentários