Autodesk revela que SketchBook Pro vendeu em 20 dias de Mac App Store duas vezes mais que em 2010 inteiro

Ícone do SketchBook Pro

Ícone do SketchBook ProAs histórias de sucesso na Mac App Store estão se acumulando: Evernote, Pixelmator, LitteSnapper, Compartments… Agora é a vez da Autodesk de falar da performance do seu aplicativo de desenhos SketchBook Pro [US$80; 76MB].

Segundo o The Loop, a empresa teria revelado num evento privado em San Francisco que as vendas do SketchBook Pro em apenas 20 dias de Mac App Store foram o dobro do desempenho em 2010 inteiro. Repetindo: 2 vezes mais vendas em 18 vezes menos tempo.

Apesar dessa performance invejável, a Autodesk admite que precisou sair de sua zona de conforto para lançar um aplicativo que respeitasse todas as restrições da loja da Maçã: nada de APIs privadas, nada de termos e condições próprios, nada de proteção adicional contra cópias. Por conta disso, um ponto de partida interessante foi o aplicativo para iOS, que basicamente recebeu as adições necessárias para tirar proveito total da plataforma Mac. Com isso, ao ser perguntado sobre o interesse de sua companhia em lançar mais aplicativos nas App Stores da Apple, Rob Hoffman, gerente sênior de produtos, apenas disse que “testamos as águas e as águas são boas”.

Quem estiver interessado no Sketchbook Pro e se sentir acanhado por causa do preço (mais que o dobro de um editor de imagens completo!) não precisa temer: há uma versão trial de 15 dias disponível no site da Autodesk e também o SketchBook Express [55,2MB], que tem funções limitadas, mas é gratuito na Mac App Store. Vale notar que, para tirar pleno proveito dele, é altamente recomendável usar uma tablet como as da Wacom ou da Genius.

Posts relacionados

Comentários