Piratas estão usando a App Store para distribuir filmes russos ilegalmente

Ícone de Cheburashka

Ícone de CheburashkaIronia, oh!, ironia. Enquanto tem gente usando a iTunes Store para combater a pirataria, outras pessoas a estão usando para distribuir filmes ilegalmente. O caso em questão vem da Rússia: de acordo com uma reportagem da BBC, há vários apps sendo vendidos na loja da Apple os quais contêm nada além de filmes antigos, mas ainda protegidos por copyright.

Um dos “desenvolvedores” chegou a reconhecer que estava errado e que tinha posto o app à venda simplesmente para lucrar até que a Apple fosse notificada pelos donos dos direitos autorais do filme. Nessa situação, o pior que poderia acontecer era o app sair do ar, mas o lucro já teria sido obtido e só haveria uma sanção maior se o estúdio processasse o “desenvolvedor”. A Apple limita sua atuação até a esfera do cease & desist e, no caso de reincidência, cancelando o contrato que permite a publicação de apps — um prejuízo de, no máximo US$100.

Seria impraticável o time de aprovação da App Store ficar responsável pela conformidade legal de cada um dos apps que são enviados para lá, por isso a postura inerte da Maçã — ela só age se for provocada, quase como na máxima “todos são inocentes até que se prove o contrário”. É uma pena que um sujeito dessa estirpe encontre nessa postura uma forma de obter lucro ilegalmente, às custas da propriedade alheia.

[via iPodNN]

Posts relacionados

Comentários