Câmara dos Lordes autoriza o uso de iPads; parlamentar italiano é flagrado vendo site picante

Símbolo da Câmara dos Lordes

Símbolo da Câmara dos LordesO iPad tem feito sucesso entre políticos: poder portar pilhas de documentos e conseguir informações a qualquer momento é uma bênção, principalmente quando toda essa funcionalidade está acessível num aparelho pouca coisa mais pesado que uma pasta cheia de papéis. Por conta disso, as incursões da tablet da Apple em parlamentos internacionais têm sido repetidamente bem-sucedidas, a exemplo do que aconteceu na Itália e na Alemanha.

O próximo passo? A Câmara dos Lordes, na Inglaterra, segundo conta o Telegraph: uma antiga norma que vetava o uso de aparelhos eletrônicos foi derrubada e o acesso a gadgets durante debates será testado por um ano. Haverá limitações, porém, já que será proibido acessar sistemas de buscas durante as sessões.

É bom mesmo que essas restrições sejam impostas, para evitar micos (ou seriam King Kongs?) parecidos com o de Simeone di Cagno Abbrescia, parlamentar italiano que foi flagrado acessando o site de uma “acompanhante” profissional no meio de uma sessão.

Depois dizem que não dá pra ver pr0n em gadgets da Apple. 😛

[via TUAW]

Posts relacionados

Comentários